24/07/2020 às 09h13min - Atualizada em 24/07/2020 às 09h13min

Era escuro o caminho

Era escuro o caminho

Quando éramos crianças uma das opções de lazer era a vida religiosa.Assim ,participávamos de vários grupos dentro da igreja o que nos rendia várias rezas nas casas da comunidade, inclusive na zona rural.

Automóvel era artigo de luxo. Na época , a “canela” era nosso principal meio de transporte; felizes íamos e voltávamos a pé, entre cânticos religiosos, brincadeiras, gargalhadas e vários casos de assombrações. Era escuro o caminho.

Apesar da escuridão, não tínhamos medo e seguíamos tranqüilos pelas estradas, entre bambuzais, poeira, pedaços de árvores. Qualquer contorno ou  barulho eram possibilidades de manifestação de forças ocultas e estopim para o início de uma fantasmagórica história de assombrações. Apesar do medo e da escuridão, seguíamos firmes. Algumas vezes com a firme promessa de não ir nunca mais, o que se desmentia na próxima reza.

Eu não sabia que o nome dado a essa travessia era fé, confiança, certeza de alguma força estar nos protegendo e assim, podermos seguir, apesar dos medos, dos sustos, da escuridão. Hoje eu sei.

Adulta que sou, percebo que aquelas incursões religiosas estavam nos preparando para algumas etapas ou fases da vida adulta; algumas vezes o caminho fica escuro, sentimos medo, sem ter muita esperança, confianças quebradas e a incerteza se aquele contorno, aquela sombra são mesmo o que aparentam ser, ou não, ilusões de nossos sentidos.

Uma vontade danada de sentar à beira da estrada, fechar os olhos e bem quietinhos deixarmos o dia clarear pode se apossar de nós, mas essa ação não nos possibilitará chegar ao local esperado e fazermos a celebração. Apesar da escuridão, é preciso continuar, seguir.
Talvez, se num ato de coragem erguermos os olhos, veremos estrelas que poderão sinalizar nosso caminho, se não com muita nitidez, com a beleza. A lua pode aparecer em uma das suas fases e nos lembrar que nem sempre é cheia ou minguante, principalmente , que existe a fase nova.

Atualmente o caminho parece escuro, sem estrelas e lua, mesmo durante o dia, o sol nem sempre tem se manifestado em toda sua energia e esplendor, mas a fé que faz com que, mesmo no escuro, tateemos em busca de um caminho, um parâmetro para qual direção seguir deve nos impulsionar a continuar.

Fé. Qual será o verdadeiro significado para uma palavra com um conceito tão amplo e abrangente que ultrapassa as crenças religiosas e faz as pessoas seguirem em frente por mais descrentes que sejam? Quando nos faltar a voz, busquemos naqueles que fizeram das suas palavras o sentimento de tantos.Faz escuro, mas eu canto.
 

Faz escuro, mas eu canto,
porque a manhã vai chegar.
Vem ver comigo, companheiro,
a cor do mundo mudar.
Vale a pena não dormir para esperar
a cor do mundo mudar.
Já é madrugada,
vem o sol, quero alegria,
que é para esquecer o que eu sofria.
Quem sofre fica acordado
defendendo o coração.
Vamos juntos, multidão,
trabalhar pela alegria,
amanhã é um novo dia.
                                                                                                        Thiago de Mello
Disponível em:< https://www.pensador.com/frase/MTUyNDk5Ng/>.Acesso em 22 jul 2020.

Link
Relacionadas »
Comentários »