22/02/2021 às 16h17min - Atualizada em 22/02/2021 às 16h17min

O que esperar de mim e de você

O que esperar de mim e de você

Reciprocidade deveria ser uma palavra parte do cotidiano de todos nós, esperar do outro o que se esperaria de você, fazer pelo outro o que almejaria que fizessem por você, as nossas ações deveriam ser um espelho do que  precisamos que refletisse  em nós.
O processo de reflexão deveria ser estudado, tanto na física quanto na filosofia e sociologia da vida para elucidarmos o princípio que rege o universo de que toda a energia é resultado das nossas produções. Se falta para alguém é porque o outro está acumulando mais que o necessário para sua sobrevivência.

Penso inclusive que esse acúmulo ultrapassa a perspectiva material, uma vez que as necessidades humanas vão além do físico, do visível e palpável. Como suga a nossa energia dividir espaço com pessoas mal resolvidas, pobres em energia positiva, equilibrar a vibração com alguém que se encontra sempre negativa, retira por demais nossas forças.

Ao mesmo tempo a reflexão filosófica e sociológica deve nos levar a pensar que tipo de energia nós estamos espalhando em nossos meios, quando digo nós, não me refiro ao coletivo, mas ao individual, eu e você, cada um de nós. Quanto de positividade, bondade, amor e demais sentimentos saudáveis, deixamos nos espaços  que compartilhamos, que passamos? Qual a quantidade de energia negativa que vibra pelo universo provém de mim?

Pode ser que a nossa contribuição não esteja sendo tão positiva quanto imaginamos, e sermos grandes responsáveis pela equilibração tóxica que estamos tendo no momento. Pequenos gestos, pensamentos e ações promovem no montante um resultado prejudicial. Muita reclamação, desânimo, ansiedade, raiva, desesperança, egoísmo podem estar provocando no coletivo esse pânico da realidade.

Comum estarmos apenas sobrevivendo, enfrentando um dia de cada vez, não percebemos que a nossa viagem nesse espaço terrestre não foi pela sobrevivência, mas vivência em abundância.

O gozo pela vida precisa ser retomado. Para que possamos, realmente, gozar do privilégio dessa viagem necessitamos de uma melhor convivência com nosso íntimo e demais indivíduos. O que esperar de mim e de você nessa caminhada?

Ser bom, do bem, positivo e acolhedor, respeitar o espaço do outro, cumprindo com nossos direitos e deveres sociais e morais, vibrar com o bom desempenho e conquistas do outro.

Eu e você somos atores da vivência na Terra e não apenas espectadores. Cada vez que deixamos de praticar o bem é uma vitória do mal. Assim não basta não ser do mal, é preciso praticar o bem. Emanemos energias positivas e façamos do bem sua prática diária, com certeza a vibração do universo será melhor.
Link
Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">