05/03/2021 às 09h44min - Atualizada em 05/03/2021 às 09h44min

Missão das calçadas de Caratinga

Há quem esteja confundindo a nobre missão das calçadas: ser um caminho seguro para quem anda a pé nas áreas urbanas. Não é de hoje que as calçadas vêm sendo utilizadas por alguns, também, para outros objetivos menos elevados: servir de banheiro para seus cães é um deles!

Os bichinhos, coitados, não têm culpa por usarem às vezes as calçadas para se aliviarem, pois apenas seguem seu instinto. Em sendo animais de rua, então, nada se pode fazer. Mas acho um absurdo que um cãozinho acompanhado do dono ou cuidador despeje seus dejetos sobre as calçadas e tudo fique por isso mesmo.

Em Caratinga o problema é antigo e recorrente. Não poucas vezes somos obrigados a “surfar” em cocô de cachorro deixado sobre alguma calçada da cidade, que pode ser, até, a calçada que fica em frente à nossa casa ou local de trabalho. E muitas vezes a pessoa que conduz o pet sai do local como se nada tivesse acontecido, deixando para outro passante, talvez um de nós, o risco de pisar e até de escorregar vocês sabem em quê. Sem falar no odor característico que o azarado pedestre que topar com o “presentinho” terá que carregar na sola de seu calçado! E cadê a sacolinha plástica que poderia ser usada para o recolhimento das fezes e posterior descarte em lugar apropriado? Ninguém sabe, ninguém viu.

Outro exemplo de mau uso de nossas calçadas diz respeito aos lixos doméstico e comercial. Temos visto, por aí, gente perdendo ou simplesmente deixando pra lá o horário da passagem do caminhão de recolhimento. Uns trazem suas sacolas para a rua cedo demais. Outros, as botam para “dormir” sobre as calçadas durante toda a noite, até serem levadas, só no dia seguinte. A exposição prolongada do material ao ar livre acaba atraindo toda sorte de bichos, como se sabe.

A bem da verdade, essa questão de sacolas de lixo sobre as calçadas me deixa bem incomodado. A instalação de mais lixeiras em nossas ruas não seria uma melhor solução para o problema dos resíduos urbanos? Taí um assunto a ser melhor explorado.

Uma coisa é certa: com o crescimento constante da cidade, e consequentemente de sua população, esse tema estará cada vez mais em evidência. Devemos escolher se queremos viver na imundície ou desfrutar de um ambiente mais limpo e agradável.  
 
 
 
 
 
 
 
Link
Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">