23/09/2021 às 18h04min - Atualizada em 23/09/2021 às 18h04min

Caratinga vive onda de desenvolvimento: há de fato motivos para ser otimista?

Tema desta quinta-feira da coluna direto da redação, com Kleber do Val

(Foto: reprodução/ TV SISTEC)
Um copo de água pela metade está meio cheio ou meio vazio? Reza a lenda que os otimistas dirão que o copo está meio cheio e os pessimistas, o contrário. O rodeio é para comentar que, apesar de o mundo estar passando por uma fase das mais turbulentas, por motivos mais do que conhecidos, ainda podem existir razões para se ter esperança em dias melhores. Como veem, formo no time dos que acham que o tal copo d’água pela metade está meio cheio.



Minha visão otimista começa por Caratinga. Temos notado novos negócios aparecerem por aqui com uma velocidade de impressionar. Recentemente levei um susto quando, ao transitar de carro pelo trecho urbano da BR-116, me deparei com um cenário que não havia notado até então:  um grande posto de gasolina e mais uma loja de uma importante rede de farmácias em funcionamento no local. Parece até que surgiram da noite para o dia! Para completar, logo depois fiquei sabendo do projeto imobiliário, já lançado, que pretende construir na cidade, nos próximos três anos, um prédio residencial de luxo de 27 andares, portanto, um dos mais altos do estado. Depois disso, então, só vai faltar o nosso shopping center, certo? Brincadeira à parte, quem sabe?

O boom de crescimento de Caratinga já vem de alguns anos, tendo sido iniciado, lá atrás, com o avanço consistente do ensino superior. Os chamados cursos a distância explodiram na cidade. As novas faculdades contribuíram em muito para a melhora do emprego local. A vinda para cá, também, de grandes redes de supermercado e da área de construção ajudou a elevar nosso nível de desenvolvimento e nossa oferta de trabalho. Além disso, a agricultura -  puxada pela produção de café -  e o comércio não perderam a importância que sempre tiveram. E o sorriso no rosto pode até ficar maior se pensarmos que a pandemia de coronavírus no município, assim como de resto em quase todo o Brasil, caminha para ser finalmente controlada, com a vacinação.

Ninguém disse que já estamos no céu. Faltam-nos, por exemplo, mais indústrias. Há, em nosso meio, ainda, muitos bolsões de pobreza. O saneamento básico é incompleto. Mas tudo parece indicar que estamos trilhando o caminho certo e que Caratinga continua mantendo e até fortalecendo sua condição de cidade polo. Como visto, de coisas boas também se vive!
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Link
Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">