25/03/2019 às 08h58min - Atualizada em 25/03/2019 às 08h58min

Comunicar é preciso

Que tenhamos a coragem de expor nossas opiniões, a sensatez ao ler e a grandeza de admitir que a beleza da democracia não é a unanimidade.

Walber Souza

O SISTEC (Sistema Caratinga de Comunicação) seguindo sua trajetória de comunicar promove o início de mais um importante meio de transferência de informações, de levar até as pessoas aquilo que acontece não só em Caratinga, mas também em toda a região. Na vanguarda da era do conhecimento o Grupo Sistec incorpora ao seu portfólio o Portal de notícias “SISTEC NEWS”.

Com grande alegria e entusiasmo, sinto-me honrado em poder fazer parte desta história colaborando semanalmente com um artigo de opinião. A missão pode parecer fácil mas não é; principalmente por vivermos um momento histórico em que emitir opinião torna-se sempre um imenso desafio, pois toda opinião cai no solo fértil ou infértil do julgamento de quem lê. E cada leitor, de certa forma, lê com os olhos dos seus sentimentos, conhecimentos e convicções.

Mas comunicar é preciso. Provocar a reflexão é essencial. Como expressou o filósofo Tomás de Aquino, “há leitores de um livro só”, que buscam ler somente aquilo que lhe agrada e convém. Parafraseando seu pensamento, digo que na mesma proporção há pessoas de uma opinião só, que não se permitem ler autores dos quais acreditam não concordar, mesmo sem o conhecer de fato; fechando assim as portas para a dialética, para o contraditório, para o diálogo das ideias.

Portanto, aqui estou, estreando este espaço, tentando de certa forma não simplesmente encontrar nos meus leitores a concordância de pensamento, mas muito mais do que isto, desejo que meus textos provoquem a reflexão. Que deles frutifiquem novos argumentos e contrapontos, mas acima de tudo o respeito e o estímulo pela liberdade de poder se expressar. Há um pensamento, popularmente atribuído ao filósofo Voltaire, que diz: "posso não concordar com o que você diz, mas defenderei até a morte o seu direito de dizê-lo".

Que tenhamos a coragem de expor nossas opiniões, a sensatez ao ler e a grandeza de admitir que a beleza da democracia não é a unanimidade. O conhecimento que enobrece se produz nas diferenças, principalmente de pensamento. E não esqueçamos: comunicar é preciso!

Walber Gonçalves de Souza é professor e escritor.
Membro das Academias de Letras de Caratinga (ACL), Teófilo Otoni (ALTO) e Maçônica do Leste de Minas (AMLM).

Link
Leia Também »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">