19/12/2019 às 15h10min - Atualizada em 19/12/2019 às 15h10min

​Pencere

Esses balões, sobrevoando a Capadócia, nos mostram que há vida, mesmo no subterrâneo, que as cores acionam-nos para a beleza, que é preciso sonhar, voar em direção a vidas e dias mais plenos para todos.


A maior dificuldade dessa janela foi selecionar a imagem que representaria a Turquia. Inicialmente, havia optado pela Igreja de Santa Sofia em Istambul, porque achei a história que a envolve, emocionante.

Reza a lenda que Sofia foi casada e teve três filhas: Fé, Esperança e Caridade. Esses nomes ela escolheu quando levou as filhas para serem batizadas. Ficou viúva e, sozinha, cuidava das filhas. Assim, educou-as na fé cristã e se tornou um exemplo de mulher virtuosa em Roma; sendo ela e suas filhas perseguidas e torturadas, devido ao cristianismo. A igreja de Santa Sofia, em Istambul é belíssima.

Mas quis o destino que o que havia de ser acontecesse e essa imagem mágica dos balões, na Capadócia, ganhou-me; foi impossível resistir. A Capadócia, uma região semiárida na área central da Turquia, é conhecida pelas inconfundíveis "chaminés de fada", altas formações rochosas em formato de cone agrupadas no Vale dos Monges, em Göreme e em outros lugares.

 A Terra dos Cavalos Bonitos é conhecida por sua singular paisagem lunar e igrejas escavadas nas rochas. Por isso, é muito difícil não associá-la aos passeios de balões. Cheia de misticismo, a Capadócia nos leva a sonhar.

Como é necessário recuperar nossa capacidade de sonhar, numa época tão difícil e conturbada.

A vista dos balões sobrevoando a Capadócia nos inspira a acreditar no impossível, incluindo realizar o sonho de Ícaro, ou seja, fazer o homem voar. Inspira-nos a acreditar no colorido e leveza da vida.

Atualmente, as pressões por enquadramento em padrões sociais, por mostrar-se sempre com uma boa aparência e exibir fazem com que o ser humano viva numa busca angustiante, que é muito diferente da busca sonhadora. A busca angustiante nos torna incompletos, perdidos, ansiosos; a busca sonhadora nos torna audaciosos, capazes de superar as adversidades e obstáculos.

Assim eu compreendi que Santa Sofia e a Capadócia têm uma relação complementar, pois os balões nos trazem sonhos e esperanças. Precisamos reaprender a sonhar, acreditar.Sonhar com uma vida melhor para todos nós,  acreditar que é possível uma vida de mais plenitude, numa sociedade mais justa e igualitária. Esses sonhos podem se tornar realidade, através da Fé, da Esperança e da Caridade.

Palavras essas já explicitadas no livro bíblico, que até hoje, não se fazem presente, na maioria das ações humanas. Fé que significa acreditar, esperança que representa o sonhar, caridade que nos leva a fazer e concretizar.
Essa janela turca obriga-nos a refletir sobre quais estão sendo os alicerces e nortes de nossas vidas. Estamos nos achando velhos demais para sonhar? Céticos demais para acreditar? Acomodados por demais para fazer?

Esses balões, sobrevoando a Capadócia, nos mostram que há vida, mesmo no subterrâneo, que as cores acionam-nos para a beleza, que é preciso sonhar, voar em direção a vidas e dias mais plenos para todos.

 
São Jorge da Capadócia foi um santo guerreiro, lutador. Santa Sófia, uma batalhadora, sonhadora. Resgatemos nossos sonhos, nossas esperanças, através da forte crença do buscar, fazer o bem, procurar o melhor que há no íntimo de cada um de nós. Precisamos reaprender a viver a felicidade. Salve, Jorge!
Link
Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">