05/09/2019 às 09h28min - Atualizada em 05/09/2019 às 09h28min

Rafael Sobis critica 'extra-campo' do Cruzeiro, vê influência dentro de campo e revela motivo de sua saída do clube

Utilizado pelo técnico Odair Hellmann em parte da goleada do Internacional por 3 a 0 sobre o Cruzeiro, nessa quarta-feira, no Beira-Rio, o atacante Rafael Sobis lembrou de sua passagem pela Toca da Raposa II após o duelo em Porto Alegre. 
 
Em entrevista à Rádio Super, ele afirmou que pediu para deixar o clube no fim do ano passado por não concordar com “coisas que estavam acontecendo no clube”. O atacante do Internacional, porém, não especificou quais seriam essas coisas.
"Eu que pedi para sair (do Cruzeiro) porque não estava de acordo com coisas que estavam acontecendo, que não vêm ao caso. Mágoa naquele momento, o Cruzeiro não tem culpa nenhuma, não tem culpa da pessoa que comandava. O Cruzeiro segue grande e forte, vai seguir e estou na torcida que esse extra-campo se resolva o mais rápido possível. É ruim para o Cruzeiro, para o futebol brasileiro e para todo mundo”, disse. 
“A gente fica triste pelo extra-campo do Cruzeiro. Isso influencia. Mas mesmo com todos os problemas, o Cruzeiro chegou na 
semifinal. Eu aqui no Inter feliz por mais uma oportunidade, é o único título que não tenho com a camisa do Inter, título que o Inter precisa”, complementou o jogador, que vive boa fase com a camisa do Colorado.
 
Cerca de cinco meses depois de Sobis deixar o Cruzeiro, reportagem do Fantástico, da TV Globo, apontou suspeitas de falsificação de documentos, falsidade ideológica, apropriação indébita e lavagem de dinheiro de membros da diretoria celeste. 
 
Com a camisa do Cruzeiro, Rafael Sobis disputou 119 jogos e marcou 28 gols. Ele esteve nas campanhas dos títulos da Copa do Brasil, em 2017 e 2018, e também na conquista do Campeonato Mineiro de 2018.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">