03/10/2019 às 15h41min - Atualizada em 03/10/2019 às 15h41min

Conheça um pouco mais da história e do trabalho da Banda Santa Cecília de Caratinga

Atualmente a banda se mantém a partir da ajuda de instituições públicas e conta com um convênio com a prefeitura.

Lucas Humberto
A música é celeste, de natureza divina e de tal beleza que encanta a alma e a eleva acima da sua condição, como já dizia Aristóteles. Da melodia dos solos ao profundo som do grupo completo, música é a primeira das 11 artes, e a que acompanha a humanidade desde seu surgimento. Em Caratinga, uma das referências no assunto é a Corporação Musical Santa Cecília. Fundada em 1878 por iniciativa de Francisco Cyriaco de Carvalho, conhecido popularmente como Chico Músico. Desde então a banda segue se apresentando em Caratinga, em eventos cívicos como o desfile de sete de setembro e outros eventos na cidade. O atual regente da banda é José Maria Simcinchi, que está no cargo a mais de 10 anos. Membro da banda desde o início de sua formação, ele relembrou de seu professor, Seu João, que incentivou crianças a participar da banda, e cujo falecimento quase causou o encerramento das atividades.

Atualmente a banda se mantém a partir da ajuda de instituições públicas e conta com um convênio com a prefeitura. Com despesas como manutenção dos instrumentos, o custo para manter as atividades é alto, como conta José Maria. Ele também agradeceu o apoio da prefeitura e especificamente do chefe de gabinete, Humberto Luiz.

Aqueles que desejam participar da banda podem se inscrever a qualquer momento, mesmo sem experiência, a partir dos dez anos de idade. Os ensaios para iniciantes acontecem nas segundas e quartas. Os membros fixos da banda também ensaiam as terças e quintas. Os ensaios acontecem das 19 às 21 horas. José Maria destacou como Minas Gerais têm grandes bandas, e como a Santa Cecília se destaca, reflexo na forma de sua agenda lotada.

Alguns membros não conseguem se afastar da música e da banda, como Igor Magela. O engenheiro civil de 24 anos entrou na banda em 2012, e mesmo frequentando a faculdade continuou participando dos ensaios e apresentações, e continua mesmo depois de formado, tamanha paixão pela música.

Dia 1 de outubro é celebrado o Dia Internacional da música. Uma data para celebrar os instrumentos, os sopros, as batidas e todos os movimentos que transformam o som em música, arte que transforma e engrandece o ser humano.




 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">