19/12/2018 às 11h50min - Atualizada em 19/12/2018 às 11h50min

Brasil é 2º maior país em buscas sobre beleza. Adivinha a nossa obsessão?

Apesar do culto à beleza, empresas do segmento ainda têm dificuldade em aproveitar potencial das oportunidades de negócio

exame.abril.com.br
O Google apresentou na última sexta-feira (17) uma pesquisa sobre a categoria beleza que revela que o Brasil é o segundo maior país em volume de buscas sobre o tema, no Google e no YouTube, com 7,5% do total. Muitos brasileiros fazem pesquisas sobre assuntos como cabelo, maquiagem, cuidados com a pele entre outros, com um crescimento anual médio de 19% nos últimos três anos. O volume só é maior nos Estados Unidos.

Nos últimos três anos, os cuidados com o cabelo ficaram no topo das buscas do Google, com participação de 48,2% do total. Esse segmento também é o que apresentou maior crescimento médio anual nas pesquisas no período, com 22%. Outra categoria de destaque é maquiagem, que representa 26,4% do volume de buscas, seguida por cuidados com a pele, perfumes e cuidados com as unhas.

Para gerar esses insights, o Google considerou dados internos de pesquisas na busca e no YouTube, além de realizar três Google Consumer Surveys (ferramenta de pesquisas online) com participação de mais de 2.500 consumidores brasileiros com idade acima de 18 anos. As Consumer Surveys foram realizadas entre os meses de junho e julho de 2018.

As empresas do segmento ainda têm dificuldade em aproveitar todo o potencial das oportunidades de negócio que surgem desse forte aumento no interesse por beleza. Nos últimos três anos, o crescimento das vendas do setor foi de apenas 3% no Brasil, segundo dados da consultoria Euromonitor, bem abaixo do crescimento médio de 19% do volume de buscas.

Ainda segundo a Google Consumer Survey, 70% das pessoas se informam sobre beleza na internet antes de consumir produtos e 20% delas dizem que a rede é fundamental para ficar por dentro dos lançamentos. O Google e o YouTube aparecem na liderança entre as plataformas mais usadas para se descobrir informações sobre beleza, sendo usados por 4 em cada 10 consumidores online.

Confira, abaixo, outras descobertas da pesquisa:

    40% dos entrevistados disseram que cuidar de si mesmo é a atividade mais valorizada no dia;
    80% dos brasileiros conectados acreditam que o cuidado pessoal é uma forma de relaxar;
    No total, 75% das buscas partem de termos genéricos, como shampoo ou pele oleosa;
    10% dos entrevistados buscam promoções de produtos de beleza na internet;
    80% dos consumidores on-line acreditam que buscar sobre produtos de beleza na web facilita sua vida na hora da compra;
    45% das mulheres sentem dificuldade em achar o produto de beleza ideal;
    Entre os tipos de buscas específicas que mais crescem estão pesquisas sobre pele oleosa (39%), morena (32%) e tipos de cabelo (28%);
    74% dos consumidores online não são fiéis a uma marca;
    37% dos entrevistados pesquisa pelos melhores produtos do mercado de beleza no Google e no YouTube.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">