26/11/2019 às 08h37min - Atualizada em 26/11/2019 às 08h37min

Mãe é presa após confessar ter matado filha de 2 anos asfixiada em MG

​Segundo PM, inicialmente a mãe disse que criança engasgou com a mamadeira, depois confessou crime; mulher pretendia matar também outra filha e se matar, mas desistiu.

G1
Uma mulher de 30 anos foi presa em Capelinha (MG) depois de confessar ter matado a própria filha, uma criança de dois anos e sete meses. O crime foi nesta segunda-feira (25) no bairro Jardim Aeroporto. Segundo a Polícia Militar, no primeiro momento a mãe disse que a filha havia engasgado com a mamadeira.
 
Ainda de acordo com a PM, os policiais desconfiaram da versão apresentada pela mulher ao encontrarem na lixeira um pedaço de fita adesiva com cabelo semelhante ao da menina morta. Questionada, a mãe confessou o crime.
 
A mãe contou aos policiais que colocou uma meia na boca da criança, amarrou os pés e braços da menina com fita adesiva, que também foi usada para tampar a boca da menina. Ela disse ainda que saiu para comprar mais fita adesiva e quando retornou já encontrou a criança morta.
 
A mulher, que possui outra filha, de idade não divulgada, revelou que inicialmente pretendia matar as duas meninas e se matar em seguida, mas se arrependeu e desistiu de seguir com o planejado. Ela disse aos policiais que faz tratamento psicológico, mas a PM não informou qual tipo de tratamento a mulher faz.
 
Após confessar o crime, a mãe foi presa, encaminhada a hospital e posteriormente à Delegacia Civil de Capelinha. A outra filha dela, que não foi ferida, está sob a guarda do Conselho Tutelar.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">