03/12/2019 às 08h36min - Atualizada em 03/12/2019 às 08h36min

Situação financeira do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora ainda é instável

Prestação do contas aponta que entidade ainda precisa de apoio para manter funcionamento

Por Lucas Vieira
O convite para a reunião de prestação de contas do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora foi entregue para muitas pessoas, mas a presença do público interessado no assunto foi pequena na noite da última sexta-feira. O encontro aconteceu no auditório do HNSA e a administração explanou toda a situação financeira e os números de atendimentos realizados pela unidade de saúde nos últimos 4 meses, de 22 de julho até o dia 22 de novembro. Ao todo foram 1619 internações, 696 cirurgias clinicas, cerca de 8 mil atendimentos de urgência, 439 internações obstétricas e vários outros serviços.

Flávio destacou que o hospital continua atendendo os pacientes da microrregião, mas os municípios de Inhapim, São Sebastião do Anta e Bom Jesus do Galho não estão repassando verba para a unidade de saúde.

Flávio disse ainda que o Hospital tem um orçamento superior ao arrecadado e por isso a ajuda dos deputados tem sido importante neste processo de restruturação.

O provedor do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, Padre Moacir Ramos, pediu a união de esforços para a melhoria financeira do hospital.

Este médico responsável pelo setor de ortopedia afirma que a demanda de atendimentos é grande e o serviço realizado pelo HNSA é de suma importância para toda a região.
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">