06/02/2020 às 10h31min - Atualizada em 06/02/2020 às 10h31min

​O que faz um Agente de Defesa Ambiental?

Dia 6 de fevereiro é comemorado o Dia do Agente de Defesa Ambiental, mas pouca gente conhece a fundo essa digna profissão. Afinal, o que caracteriza esse profissional?


Assim como ocorre com o Guarda Florestal, o Agente de Defesa Ambiental enquadra-se na lista de profissões sustentáveis. Em virtude disso, grande parte do público confunde os papéis desempenhados entre esses dois profissionais.
 
Buscando ressaltar as diferenças entre as duas profissões, conceituamos as respectivas características de cada uma:
 
Agente de Defesa Ambiental

É esse profissional que desenvolve e estabelece mecanismos que visam melhorias no meio ambiente. A partir do Agente de Defesa Ambiental, são transmitidas à sociedade informações a respeito da preservação ambiental.
 
Quem deseja trabalhar como Agente de Defesa Ambiental precisa prestar concurso público. As principais exigências são: o candidato ter 18 anos completos e possuir o ensino médio concluído. A remuneração é de 1000 reais mensais. Interessou-se? Confira as atividades desse profissional:
 
Funções do Agente Ambiental

Proteger e monitorar o meio ambiente: o profissional precisa estar 100% atento a tudo o que ocorrer na natureza para que possa não só avaliar as transformações naturais, como também medir o grau de impacto da ação humana na fauna e na flora;

Cabe ao Agente de Defesa Ambiental estabelecer contato direto com as autoridades responsáveis pela proteção de áreas de desmatamento e de extração ilegal de recursos naturais;

A atuação do Agente de Defesa Ambiental também permeia o campo educacional. Esse profissional pode apresentar palestras e elaborar eventos sobre conscientização ambiental em instituições de ensino.

Guarda Florestal

O Guarda Florestal é um funcionário civil das secretarias do meio ambiente estaduais e municipais. É papel dele garantir que as leis ambientais sejam cumpridas rigorosamente. Existem também Guardas Florestais que são integrados à Polícia Militar.
 
É importante ressaltar que essa é uma profissão de alto risco porque um de seus propósitos é combater quadrilhas especializadas em extração ilegal de recursos naturais.
 
Existem duas formas de se tornar Guarda Florestal: a primeira é prestando concurso público para a Polícia Militar do seu estado e, após ser contratado, solicitar transferência ou fazer permuta (troca de policias) para uma unidade ambiental. A segunda forma é prestando concurso público para policiamento ambiental. Ficou interessado? Veja as principais atuações do Guarda Florestal:
 
Funções do Guarda Florestal

Fiscalizar: explorações florestais, o transporte de recursos naturais, a extração de matéria-prima, os criadouros de animais silvestres e as atividades de piscicultura. Esse procedimento impede que infrações sejam cometidas;

É dever do Guarda Florestal combater quaisquer atividades que degradem o meio ambiente;

Assim como ocorre com o Agente de Defesa Ambiental, a área educacional também faz parte do raio de atuação desse profissional. O Guarda Florestal pode implementar campanhas educativas ligadas à educação ambiental;

O Guarda Florestal deve cultivar relação direta com a população para conscientizá-la a respeito da importância da preservação ambiental.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">