18/02/2020 às 10h07min - Atualizada em 18/02/2020 às 10h07min

Sonic: filme bate recorde em uma adaptação do video game

Robinson Samulak Alves
Tecmundo
Depois de um começo preocupante para a Paramount, que viu Sonic: o filme ser duramente criticado com o primeiro trailer, a adaptação do clássico da SEGA conseguiu surpreender. O filme não apenas foi bem recebido pelos críticos, como também teve uma excelente abertura, faturando US$ 111 milhões em todo o mundo.
Com isso, Sonic: o filme se tornou a adaptação de video game com a melhor estreia nos cinemas da história. O filme ainda conseguiu se manter à frente de outras grandes produções, como Aves de Rapina e Bad Boys para sempre.
O presidente de distribuição doméstica da Paramount, Chris Aronson, reconhece a importância do estúdio ter escutado as críticas dos fãs e, com isso, redesenhado o protagonista antes do lançamento. Mesmo precisando atrasar a estreia em 3 meses e com um gasto adicional de US$ 5 milhões na produção, a decisão se mostrou certa.
“O consumidor sempre determina o que é certo e o que é errado. Eles deixaram suas vozes claras e nós ouvimos”, disse Aronson. “Este filme excedeu as expectativas [do público]. Isso é uma prova daquelas performances redefinidas e fantásticas de Jim Carrey e de todo o elenco”.
Sonic: o filme também chega aos cinemas após duas grandes produções que foram fracassos de bilheteria para a Paramount: Projeto Gemini e O Exterminador do Futuro: destino sombrio. Apesar de o primeiro contar com o carismático Will Smith, e o segundo, com o retorno de James Cameron à franquia, ambos tiveram dificuldades para conseguir pagar os custos da produção.
O estúdio agora se concentra em outros dois lançamentos que têm forte apelo e devem ter bilheterias mais otimistas. O primeiro é Um Lugar Silencioso: Parte II, que chega aos cinemas em março. O segundo é Top Gun: Maverick, com lançamento marcado para junho.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »