28/02/2020 às 09h05min - Atualizada em 28/02/2020 às 09h05min

Você já ouviu falar da Fruta Dragão? Cultivo de Pitaya tem se tornado fonte de renda para produtor em Caratinga

Lucas Vieira
A pitaya é uma fruta de origem asiática e ainda pouco conhecida no Brasil. Estima-se que somente 20% dos brasileiros tem o hábito de comer a fruta. No córrego Juca Antônio, zona rural de Santa Rita de Minas, o senhor Admaldo Dutra conheceu a pitaya e plantou para o consumo próprio no terreno dele. Com o passar do tempo, o aposentado foi pesquisando mais sobre a fruta e hoje soma dezenas de pés em plena produção. Admaldo viu na fruta uma oportunidade e fonte de renda. 

Realmente não é nada fácil produzir pitaya. Talvez seja até por este motivo que a fruta é pouco conhecida na região. O processo de polinização, por exemplo, na maioria dos casos tem que ser feito manualmente. As abelhas até fazem o transporte do grão de pólen da antera para o estigma, mas ainda em pouca quantidade.

A pitaya também é conhecida como fruta do dragão por causa da casca irregular e dos gomos escamosos. Ela é fruto literalmente de um cacto. A pitaya mede de 10 a 20 cm de diâmetro e tem sabor suave, semelhante ao que seria uma mistura de kiwi e melão. O cultivo da pitaya dispensa até mesmo o uso de agrotóxicos. Admaldo conta que cada pé produz em média de 60 kg em 4 vezes ao ano. Toda a produção dele já tem destino certo para uma rede de supermercados. O quilo da fruta é vendido a mais de R$ 10,00 e pode chegar a R$ 15 para o consumidor final. A nova cultura tem sido lucrativa.

Rica em vitaminas C, B1, B2, B3, minerais como cálcio, ferro e fósforo, a pitaya possui um alto teor de líquido e fibra, sendo aliada no combate de problemas intestinais. A pitaya pode ajudar em dietas de emagrecimento por ser uma fruta pobre em calorias e rica em fibras. Também proporciona benefícios à saúde relacionados ao seu poder antioxidante. A fruta ainda protege as células, ajuda na digestão, no controle de pressão e combate a anemia por ser rica em vitaminas. São inúmeros benefícios!

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »