13/03/2020 às 08h49min - Atualizada em 13/03/2020 às 08h49min

​Ipatinga tem primeiro caso de coronavírus confirmado, segundo a Secretaria de Estado de Saúde

De acordo com a Prefeitura de Ipatinga, trata-se de uma mulher de 38 anos que estava em uma excursão para Israel.

G1
O primeiro caso de coronavírus em Ipatinga (MG), no Vale do Aço, foi confirmado na tarde desta quinta-feira (12). Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES), trata-se de uma mulher de 38 anos que chegou de uma excursão em Israel no dia 29 de fevereiro. Ela apresentou febre, tosse, coriza e dor de garganta.
 
Segundo a Prefeitura de Ipatinga, a mulher está em isolamento domiciliar e quarentena termina nesta sexta-feira (13). Isso quer dizer que não haverá risco de transmissão.
 
“Se o exame dela tivesse vindo negativo, o período de quarentena dela terminaria hoje (quinta-feira). Agora, como veio positivo, finaliza amanhã (sexta-feira) até porque ela não tem mais sintomas. Então, o período de transmissibilidade dela termina amanhã (sexta-feira) e, a partir de sábado (14), ela já pode sair de casa”, disse a médica infectologista Carmelinda Lobato.
 
Ainda de acordo com a prefeitura, a mulher teve contato com três familiares, marido e filhos, que estão sendo acompanhados pelas equipes de saúde, mas que não fizeram exames.
 
“A gente não faz exame e nem solicita exame para quem está assintomático. Quem não apresenta sintomas, mas faz o exame e detecta o vírus, é um vírus morto. É o material genético do vírus que está ali, ele não está provocando a doença. A gente tem que focar em fazer o exame dos pacientes que têm os sintomas, porque ele é que pode transmitir”, explicou a infectologista.
 
Na cidade, outros nove casos suspeitos são investigados. Sete estavam na mesma excursão para Israel, ou seja, o período de quarentena desses pacientes também termina na sexta-feira (14).

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »