15/01/2019 às 11h17min - Atualizada em 15/01/2019 às 11h17min

Homem morre afogado em clube de Santa Rita de Minas

Dono do clube afirma que morte não é de responsabilidade do estabelecimento

Jordana Keller

Entre os amigos e familiares o clima era de muita tristeza. Geraldo Antônio Lopes, de 31 anos, morreu após se afogar em um clube em Santa Rita de Minas na tarde do último domingo. Os familiares estão revoltados, porque segundo eles houve omissão por parte do clube. A família alega que no local não havia salva vidas. O padrasto de Geraldo contou como recebeu a notícia da morte do enteado.

Ueder da Silva, era amigo de Geraldo e estava no clube com ele no dia do incidente. Segundo apurado pelo jornalismo da TV Sistec, Ueder estava perto da mesa de sinuca quando foi chamado por pessoas que estavam na piscina dizendo que o amigo dele estava no fundo da água. Ele teria pulado na piscina para salvar o amigo mas Geraldo já não apresentava mais nenhum sinal vital. Uma ambulância da prefeitura chegou a levar o homem até a UPA de Caratinga, porém o rapaz já chegou sem vida no local.

Nossa equipe procurou o dono do clube para ouvir sua versão sobre os fatos. Questionamos também se no local existe salva-vidas. Tarcísio Ramos, relatou que o clube possui um brigadista e que ele estava no local na hora do incidente, porém, segundo ele, Geraldo não aparentava estar se afogando. 
Ainda Segundo o dono do local, Geraldo estava sentado à beira da piscina com os pés dentro da água, e que possivelmente ele teria passado mal e caído dentro da água sem que ninguém percebesse.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">