18/01/2019 às 16h07min - Atualizada em 18/01/2019 às 16h07min

Volta as aulas: Material escolar está mais caro em 2019

Preços aumentam devido a impostos sobre materiais

Lucas Vieira

Fevereiro está se aproximando e a procura por materiais escolares nesta época do ano aumenta significativamente nas papelarias. Em Caratinga já é possível ver uma movimentação de pais em busca dos melhores preços nos comércios da cidade. Uma pesquisa revelou que 50% dos valores dos artigos de papelaria são para impostos. No caso da caneta, por exemplo, 49,95% do preço final são tributos. A carga tributária da régua chega em 44,65% e da agenda escolar 43,19%. O produto com a menor porcentagem de imposto é o livro escolar, com 15,52%.
Este proprietário de uma papelaria do centro de Caratinga disse que no comércio dele foi possível perceber o aumento em alguns produtos e redução em outros. Segundo o comerciante, a expectativa é de boas vendas nesta volta às aulas.

Mochilas com diversos personagens, cardemos de times de futebol, estampas de heróis e muito mais. Azenildo disse que este ano o que mais chama a atenção dos clientes são as capas de series de filmes e livros famosos.

Para economizar e comprar produtos em bons preços é preciso fazer uma pesquisa em diversas papelarias. O senhor Geraldo do Carmo é um exemplo disso. Ele veio de Dom Corrêa, distrito de Manhuaçu, para comprar os materiais da filha aqui na cidade. Todo ano ele faz uma pesquisa em várias cidades da região antes de comprar os produtos e destaca que Caratinga tem preço bom.

Teve gente que também não viu diferença nos preços dos materiais em relação ao ano passado.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">