09/03/2019 às 17h43min - Atualizada em 09/03/2019 às 17h43min

Dois homens são presos após tentativa de homicídio no bairro Esplanada

A tentativa de homicídio aconteceu na noite da última sexta-feira (08) na rua Frei Carlos Frantini, no bairro Esplanada em Caratinga.

Segundo a Polícia Militar, o COPOM recebeu uma ligação informando sobre diversos disparos de arma de fogo na rua citada, e de imediato uma equipe deslocou para o local. A dona do bar onde o tiroteio aconteceu disse que estava fazendo atendimento de clientes atrás do balcão quando dois indivíduos usando roupas escuras e toucas ninja entraram e começaram a atirar. Nesse momento segundo ela, haviam oito pessoas no estabelecimento.

Lucas Vinícius de Souza Costa, de 21 anos, e Wanderson Rodrigues Lima, de 24 anos, ambos clientes do bar, foram atingidos pelos disparos e num momento de desespero pularam de uma altura de aproximadamente seis metros. 
Após o ataque, os autores dos disparos fugiram correndo a pé sentido a uma escadaria que dá acesso à Rua Francisco Vitor de Assis, tomando rumo desconhecido. As duas vítimas foram encaminhadas para o Hospital e não correm risco de vida.

Logo após o acontecimento a PM recebeu a informação de que os autores do crime seriam Fellipp Frederico Alves Ferreira Dutra, de 33 anos, e Adão Alves Machado, de 32 anos. A Polícia foi até a residência de Adão, mas não encontrou ninguém. Após algumas horas do crime a PM recebeu a informação de que um homem ferido por disparo de arma de fogo tinha dado entrada na UPA de Caratinga e encaminhado para o Hospital. Ao chegar ao local a PM constatou que o homem era Fellipp, suspeito de ser um dos autores dos disparos. Fellipp disse para a PM que estava passando em frente ao bar e foi alvejado na barriga. Ele recebeu atendimento médico e ficou internado no hospital sob escolta policial.

A PM continuou à procura do outro suspeito que era Adão e na tarde deste sábado (09) os militares do Tático Móvel receberam a denúncia de que Adão estaria na zona rural de Ubaporanga, a polícia foi até o local da denúncia e encontraram Adão. Em depoimento à polícia, Adão confessou a autoria do crime e disse que estava sendo ameaçado pelas vítimas e por isso tentou matá-las. Adão foi encaminhado para delegacia de Polícia Civil onde as demais providências foram tomadas.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">