22/07/2020 às 09h05min - Atualizada em 22/07/2020 às 09h05min

Secretaria de saúde de minas fala de estágio da pandemia no estado e de vacina que começou a ser testada no Brasil

Hérisder Matias
Durante coletiva virtual, o secretário de estado de saúde de Minas Gerais, Carlos Eduardo do Amaral explicou que o processo de testes de uma vacina segue etapas até a comprovação de eficácia e eficiência. 890 médicos e paramédicos que não foram infectados receberão doses da vacina e servirão de cobaia para saber o potencial de imunização do medicamento, mas ao todo, 9 mil pessoas devem fazer parte dos testes. O secretário de saúde ressaltou que além da testagem, a vacina, se funcionar, ainda precisará ser fabricada em escala global, o que demanda tempo por parte dos laboratórios.

Sobre o pico da doença no estado, o secretário de adjunto de saúde Marcelo Cabral destacou que houve um grande número de pessoas infectadas nas últimas semanas e, como consequência, uma ocupação maior dos leitos hospitalares. Com as medidas adotadas pelo estado e o aumento da oferta de leitos, Marcelo acredita que há uma tendência de estabilidade da pressão da pandemia sobre o sistema de saúde.

A secretaria de saúde de Minas Gerais tem um aplicativo disponível para as pessoas que quiserem tirar dúvidas sobre a doença. Após baixar o aplicativo “saúdedigitalmg” é possível que as pessoas possam até fazer uma autoavaliação e analisar possíveis sintomas.



Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">