23/07/2020 às 08h35min - Atualizada em 23/07/2020 às 08h35min

Projeto de artesanato apoia mulheres em vulnerabilidade socioeconômica

Matheus Aguiar
O projeto Mãos e Fios é uma idealização do Grupo Espírita Dias da Cruz de Caratinga. Contando com o trabalho de voluntários, esse projeto surgiu como forma de estender o serviço de filantropia mantido há mais de 60 anos pela Cantina Áurea. Além de alimentar andarilhos, moradores de rua e pessoas em vulnerabilidade, os voluntários também estão fornecendo uma possibilidade maior de desenvolvimento social das pessoas assistidas.

A ideia surgiu de uma voluntária da Cantina Áurea que já trabalhava com artesanato. A partir de então foi proposta uma capacitação para que mais voluntários pudessem ensinar técnicas de crochê para as mulheres assistidas. Cerca de quarenta famílias são assistidas pela Cantina Áurea, e dessas, 17 mulheres iniciaram participando do Projeto Mãos e Fios.

Historicamente, o artesanato é uma prática de trabalho manual que tem influência direta no desenvolvimento das sociedades humanas. Com conhecimentos passados de geração em geração, muitos povos ainda mantém sua estrutura social baseada nesse trabalho. Os produtos dessas técnicas são ainda muito valorizados por serem desenvolvidos apenas com as mãos humanas e dependendo das habilidades individuais. Nesse sentido, ainda podem ser utilizados como auxílio na renda. No caso do Projeto Mãos e Fios, o dinheiro da venda dos produtos é dividido entre compra de material, manutenção do projeto e o restante é repassado para as mulheres assistidas.

O projeto já tem mais de um ano de existência, mas agora, assim como toda a sociedade, também vive um momento atípico. Com a pandemia do novo coronavírus as aulas presenciais para as mulheres assistidas ficaram suspensas. Mas mesmo assim elas continuam produzindo em suas casas e as vendas dos produtos foram mantidas. Vale lembrar que como todo trabalho voluntário, toda ajuda é válida, seja com o material ou mesmo doando um pouco do tempo.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »