06/08/2020 às 09h10min - Atualizada em 06/08/2020 às 09h10min

Semana do aleitamento materno: Conheça o trabalho da Maternidade do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora

Matheus Aguiar
Instituído em 1992, o dia internacional da amamentação foi comemorado no dia 1º de agosto. A partir de então, até o dia 7, entramos na semana do aleitamento materno, na qual são promovidas ações informativas e de incentivo às mães. Neste mês também existe a campanha Agosto dourado, voltada para a proteção por parte das instituições, desse ato de saúde e de amor que é a amamentação.

Até os seis meses de idade, os bebês devem ser alimentados somente com leite materno, não precisando de nenhuma outra fonte nutritiva, nem mesmo de água. Após essa idade, deve ser dada alimentação complementar apropriada, mas é recomendado que a amamentação continue até o segundo ano de vida da criança. Além de enfermeira, a Eva é também consultora de aleitamento materno do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora. Segundo a especialista, o leite da mãe também fornece também anticorpos essenciais para o bebê, desta forma a amamentação não pode ser negligenciada, principalmente nos primeiros dias.

O novo coronavírus tem despertado o receio em muitas mães na hora da amamentação. Afim de combater a desinformação, conversamos com a pediatra do Hospital que esclarece quais são os cuidados necessários para manter a segurança do bebê e da mãe durante essa pandemia.

Para as mães que não conseguem amamentar, a pediatra contra indica a amamentação cruzada, ou seja, aquela prática antiga das amas-de-leite. O perigo é o bebê ser contaminado por uma doença infecto–contagiosa, como a Aids e a hepatite B. Uma alternativa seria buscar por um Banco de leite, porém o local mais próximo que conta com a estrutura é em Viçosa, há cerca de 190 km de Caratinga. A pediatra relatou que o Hospital mantém o sonho de implantar o serviço aqui no município.

Na última terça-feira, a Leandra deu a luz ao pequeno Iuri. Ela, que ainda está se recuperando do parto, disse estar emocionada com a sensação de poder amamentar o bebê pela primeira vez.

A Lívia veio ao mundo com apenas 34 semanas. A mamãe Aline relatou que o Hospital proporcionou toda a segurança e conforto para a bebê prematura. Sobre a amamentação, a Aline reforçou que não é fácil que esse ato de amor e de responsabilidade deve superar as dificuldades.

A Aline, que está iniciando a fase de amamentação da Livia, deixou também um recado de incentivo para as mães que passarão por essa experiência.

O Hospital Nossa Senhora Auxiliadora é responsável pelo atendimento público do setor de maternidade em Caratinga. A instituição aderiu à campanha Agosto Dourado e também incentiva a amamentação.



 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">