26/08/2020 às 08h59min - Atualizada em 26/08/2020 às 08h59min

Ex-aluno da APAE de Caratinga fala sobre inclusão no mercado de trabalho

Matheus Aguiar
Anailton entrou na APAE aos 5 anos por deficiência intelectual leve. Segundo ele, a melhora na fala e no aprendizado foram significativos e mudaram sua vida, durante os 13 anos que ele foi aluno da instituição. Há dois anos ele trabalha numa loja de artigo para festas.

Em vigor há 29 anos, a lei 8.213/91, garante o direito a inclusão no mercado de trabalho pessoas com algum tipo de deficiência física, auditiva, visual, mental ou múltipla. Porém, apenas empresas com mais de 100 funcionários tem a obrigação de preencher o quadro de funcionário com pessoas portadoras de deficiência. Além disso, no que diz respeito à deficiência mental, a lei só garante os direitos para portadores de limitações graves. Neste caso, é importante reafirmar que, mesmo quando a legislação não garante recurso para todos os deficientes, essas pessoas não podem ser invisibilizadas.

Como forma de conscientizar e ampliar o conhecimento sobre as pessoas com deficiência, a APAE está disponibilizando vídeos com relatos de familiares de alunos da instituição em seu Facebook. Visite a página e se informe.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »