27/08/2020 às 09h11min - Atualizada em 27/08/2020 às 09h11min

Baixas temperaturas reforçam importância dos cuidados contra a Covid-19

Matheus Aguiar
As doenças respiratórias apresentam relação com a temperatura porque as pessoas tendem a ficar em ambientes mais fechados e com ventilação reduzida por causa do frio. Além disso, o ar mais frio pode ressecar as vias aéreas com maior facilidade. Esse ressecamento pode causar inflamações. Crianças e idosos, cujas mucosas são mais sensíveis, tendem a ser as principais vítimas. Por isso, os ambientes que eles frequentam precisam receber cuidados especiais. Por isso, é fundamental que a população mantenha distância mínima de um metro em lugares públicos e em momentos de convívio social, além de não tocar olhos, nariz, boca ou a máscara com as mãos não higienizadas. Também é essencial lavar com frequência as mãos até a altura dos punhos, com água e sabão — ou realizar a higienização com álcool em gel 70%.

Com relação aos dados da covid-19 em Minas, foram registrados, de acordo com o boletim estadual desta quarta-feira, 201.973 casos confirmados e 4.948 óbitos. De acordo com o secretário de Saúde, a queda na média móvel dos últimos sete dias indica que a curva de casos pode estar reduzindo no estado.

Ao longo da coletiva, o secretário adjunto de Saúde, Marcelo Cabral, destacou a eficiência do Plano de Contingência Macrorregional. A partir deles, todas as regiões do estado passam por análises técnicas para identificação do número de leitos, e da necessidade e da viabilidade de ampliação desse total, considerando critérios como equipamentos e recursos humanos disponíveis.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">