03/09/2020 às 08h42min - Atualizada em 03/09/2020 às 08h42min

Treinamento dos mesários que atuarão nas eleições será feito pela internet

Matheus Aguiar
Os treinamentos serão ofertados por meio do Portal de Educação a Distância do Tribunal Superior Eleitoral. Para participar do curso, o cidadão precisa ter sido previamente convocado pelo cartório eleitoral e ter recebido, na sua carta de convocação, as instruções para se inscrever no treinamento. De acordo com o TSE, excepcionalmente, aqueles com impossibilidade de acesso às plataformas digitais, problemas de conexão com a internet e outras restrições poderão receber treinamento presencial. Em Caratinga, o Tribunal Regional Eleitoral é responsável pelas 71ª e 72ª zonas eleitorais. Para atender todas as seções que incluem também eleitores de distritos do município, são convocados cerca de 1470 mesários para trabalhar no dia da votação.

Segundo o chefe do cartório eleitoral, a grande maioria dos mesários das zonas locais já foram convocados. As situações de pendência se deram pela falta de identificação do contato de e-mail. Essas pessoas que ainda não foram chamadas serão avisadas por telefone. Os critérios para a seleção são que os candidatos tenham o ensino médio completo e a preferência é para os servidores públicos.

O trabalho como mesário traz benefícios aos cidadãos que se voluntariam. Essas pessoas têm vantagem de desempate em concursos públicos da Justiça Eleitoral e em outros concursos que preveem essa possibilidade no edital. Além disso, elas também estão isentas de taxa de inscrição em concursos públicos estaduais. Já os estudantes universitários, recebem créditos em disciplinas de cursos se a instituição de ensino for conveniada com o tribunal regional eleitoral. Os dias trabalhados na eleição também devem ser restituídos pelos empregadores.

De acordo com Fabrício, os locais já conhecidos onde o eleitor exerce sua cidadania não deverão ser alterados, porém algumas seções de votação serão agregadas. Isso porque foi autorizada a quantidade máxima de 550 votantes por cada mesa receptora de votos. Essa decisão foi de justamente tentar preservar ainda mais a segurança de mesários e eleitores e minimizar as aglomerações.

A Sara trabalha como mesária voluntária nas eleições em Caratinga desde 2004. Segundo ela, os desafios impostos neste ano serão superados com tranquilidade, já que todas os protocolos de segurança contra a covid-19 serão seguidos pelos Tribunais Eleitorais.

Os mesários representam a Justiça Eleitoral no dia das votações. Além disso, a atuação desses voluntários garante a condução do exercício de cidadania de forma acessível para o Estado.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">