07/10/2020 às 09h49min - Atualizada em 07/10/2020 às 09h49min

Secretaria de estado de saúde elabora vídeo para explicar protocolo de volta às aulas

Matheus Aguiar
Para o retorno seguro das atividades presenciais, o respeito ao protocolo sanitário é requisito básico. Nesse sentido, o Estado demanda que haja uma conversa constante entre professores, diretores, pais e alunos. E além disso, ficou reforçado que a decisão sobre o retorno dos estudantes é totalmente voluntária e cabe aos pais. Ficou explicado também como serão as instruções para as escolas.

Foi informado também que para o retorno ocorra de melhor forma possível, é necessário que as pessoas do ambiente escolar saibam quais sinais e sintomas estão relacionados à covid-19. São eles a febre, tosse, coriza, outros sinais gripais, mal-estar, dor de cabeça, dor de garganta, falta de paladar e de cheiro, náusea, vômito e diarreia. Se alunos, funcionários ou colaboradores apresentarem algum desses sintomas, a recomendação é de que fique em casa.   

A saúde mental é outro ponto a ser cuidado neste momento.

Entramos em contato com escolas particulares de Caratinga, e a maioria delas disse que vai aguardar um posicionamento do município. Tentamos contatar também a Superintendência Regional de Ensino, porém não obtivemos nenhuma resposta.


 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">