14/10/2020 às 14h02min - Atualizada em 14/10/2020 às 14h02min

Mesmo em meio à pandemia, fiéis peregrinam até a imagem de Nossa Senhora na grutinha

Fabio Teodoro
No dia da Padroeira do Brasil, celebrado em 12 de outubro, a Gruta Nossa Senhora Aparecida, conhecida popularmente como "Gruta da Santinha" ou "Grutinha", recebeu vários fiéis.

Mesmo em meio à pandemia, muitos peregrinos não deixaram de ir até a Gruta da Santinha para pedir graças e agradecer Nossa Senhora Aparecida pelas benções recebidas. Este é o terceiro ano que a psicóloga Juliana peregrina até a Grutinha.

Muita gente percorreu quilômetros em direção à Gruta da Santinha. Muitos peregrinos madrugaram e acordaram cedo para participar desta experiência de fé. Juliana relatou que vai até a Grutinha para celebrar a devoção e a fé à Nossa Senhora Aparecida.

Cada vela acesa representava um agradecimento e pedidos de todo o tipo para a Padroeira do Brasil. Muitas pessoas também rezaram em frente à imagem de Nossa Senhora Aparecida e pegaram água benta. O engenheiro civil Davidson Aguiar contou que desde criança vai até a Grutinha, uma tradição passada dos avós para o neto.
 
Em um ano atípico, por causa da pandemia do novo coronavírus, o movimento de fiéis na Grutinha foi bem menor do que os anos anterioes.
 
Por questões de segurança sanitária, as tradicionais missas em comemoração ao Dia de Nossa Senhora Aparecida também não foram realizadas na Grutinha.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">