21/10/2020 às 17h31min - Atualizada em 21/10/2020 às 17h31min

Casu promove campanha de prevenção do câncer de mama

Matheus Aguiar
Quem entra no hospital se depara com centenas de balões rosas espalhados por toda a recepção. Muito além de apenas decorar, o objetivo é chamar a atenção para essa doença que mata milhares de mulheres anualmente no Brasil. Neste ano, o Instituto Nacional de Câncer (INCA) estima que 66.280 novos casos sejam registrados até dezembro. Isso representa quase 30% do total de pacientes oncológicos, o que significa que o câncer de mama é o tipo de câncer que mais acomete as mulheres. A taxa de mortalidade só cresce a cada ano, principalmente entre as faixas etárias acima dos 40 anos. E o principal motivo da existência dessa campanha, é que boa parte dos casos podem ser evitados a partir da adoção de hábitos saudáveis e também da detecção precoce por meio de exames.

Embora a campanha seja voltada principalmente para mulheres, o câncer de mama também acomete homens. É uma situação muito rara, representando apenas 1% do total de casos da doença, porém entre 2010 e 2018, mais de 1.500 óbitos masculinos da doença foram confirmados. Nesse sentido, a importância da prevenção deve ser ainda mais reforçada. 

De acordo com dados do INCA, Minas Gerais é o terceiro estado com maior número de casos da doença, perdendo apenas para o Rio de Janeiro e São Paulo. Embora as unidades para o tratamento oncológico mais próximas ficam em Ipatinga e Muriaé, aqui em Caratinga o CASU oferece os atendimentos preliminares e a realização de exames para detecção de câncer.

Durante esse período em que estamos imersos na pandemia da covid-19, constantemente sendo reforçadas as práticas de se evitar a contaminação, outras doenças acabam ficando em segundo plano. O câncer de mama é hoje um relevante problema de saúde pública. É a neoplasia maligna mais incidente em mulheres na maior parte do mundo. De acordo com as últimas estatísticas mundiais do Globocan, foram estimados 2,1 milhões de casos novos de câncer e 627 mil óbitos pela doença. E é por isso que a campanha do outubro rosa deve ficar marcada pela conscientização; para que cada balão simbolize um caso evitado por meio da prevenção.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">