02/12/2020 às 16h20min - Atualizada em 02/12/2020 às 16h20min

BENECY REBATE ACUSAÇÕES DE EX-SUPERINTENDENTE DO CRUZEIRO: "VOU ACIONÁ-LO CRIMINALMENTE"

Após declarações de Léo Portela sobre irregularidades e desvios de materiais esportivos, supervisor administrativo do clube reitera não ter ciência da situação

Gabriel Duarte
Globoesporte MG
O supervisor administrativo do Cruzeiro, Benecy Queiroz, se defendeu das acusações do ex-superintendente do clube, Léo Portela, sobre irregularidades e desvios de materiais esportivos. Em contato com o ge, Benecy revelou que irá acionar Portela na justiça para que ele apresente as provas do caso envolvendo o seu nome.
 
"Não sou picareta tipo esse Léo. Isso é um vagabundo. Vou acioná-lo criminalmente para ele provar as declarações desastrosas sobre a minha pessoa. Um cara que nunca serviu ao Cruzeiro em nada".
 
Léo Portela revelou ter coletado materiais como áudios, fotos e depoimentos que comprovam as irregularidades. No entanto, o ex-superintendente e deputado estadual declarou que não tornaria esses documentos públicos, a não ser judicialmente, caso fosse necessário. Portela ressaltou, ainda, que a presidência do Cruzeiro tinha ciência da investigação, que foi interrompida em determinado ponto.
 
Benecy declarou, ainda, que vê estranheza no fato de Léo Portela só ter tornado pública essa questão agora, uma vez que ele deixou o clube em outubro. O supervisor reiterou que não tinha ciência de nenhuma irregularidade envolvendo a comercialização dos materiais esportivos.
 
- Vou tomar as providências necessárias sobre esse assunto envolvendo meu nome. O que eu sei é que houve uma investigação preliminar aqui sobre o assunto cujo a presidência tomou providências. E eu acho estranho que ele sendo um assessor da presidência, no momento próprio, não tenha exigido e nem tornado público qualquer irregularidade.
 
- Porque se existe uma administração que é transparente e com seriedade para o Cruzeiro é a do Sérgio. Se eu tivesse ciência (dos desvios dos materiais), eu imediatamente teria tomado todas as providências. Não sou conivente com irregularidades de quem quer que seja. A minha vida foi sempre pautada pela transparência e lealdade e seriedade profissional. Eu tenho 45 anos de serviços prestados.
 
Presidente se posiciona
 
Em entrevista à Rádio 98 FM, o presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues, se posicionou sobre as acusações do ex-superintendente Léo Portela, nas quais citou que o mandatário tem acesso a todas as provas que coletadas por ele.
- Não faz muito sentido o que foi falado. Houve uma denúncia, em junho, quando chegamos aqui. O Léo havia dito que funcionários estavam vendendo material mais barato. Perguntei se tinha alguém disposto a falar, a gravar. Tinha apenas um print de alguém falando que havia essa venda. Ninguém foi tirado de investigação alguma. O Léo, mesmo não estando aqui no Cruzeiro mais, se tiver essas provas, tem obrigação de ir à Polícia Civil. Eu não tenho essas provas. Tenho um print e mais nada. Procuramos saber, investigamos sim. O que não entendo é o porquê de não ter falado antes. Algumas pessoas querem resolver os problemas, outras querem mídia com o Cruzeiro. Eu estou aqui para resolver os problemas.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »