05/01/2021 às 10h55min - Atualizada em 05/01/2021 às 10h55min

91% DOS DONOS DE CARROS ELÉTRICOS JAMAIS VOLTARIAM PARA GASOLINA

André Luiz Dias Gonçalves
Tecmundo
Uma pesquisa feita com proprietários de carros elétricos no Reino Unido, divulgada no último dia 29 de dezembro, mostrou que 9 em cada 10 dos entrevistados não voltariam a usar os veículos convencionais, movidos a gasolina ou diesel, evidenciando uma importante mudança a favor dos modelos mais ecológicos.
 
Mais de 2 mil motoristas foram ouvidos no estudo conduzido pelo serviço de mapas de pontos de recarga Zap-Map, durante o mês de novembro. Deste total, 91% deles rejeitou a ideia de trocar seus automóveis eletrificados por versões a combustão, enquanto apenas 1% voltaria a usá-los. Os outros 8% não têm certeza sobre a substituição.
 
Os motoristas dos carros a eletricidade também disseram estar bastante satisfeitos com a tecnologia, superando os proprietários de carros convencionais neste quesito. O índice de satisfação foi de 91% entre os donos de elétricos, número que chegou a 72% entre aqueles que dirigem um automóvel a gasolina.
 
Carros híbridos plug-in foram mencionados na pesquisa registrando índices menores que os modelos 100% eletrificados, mas ainda assim melhores quando comparados aos veículos convencionais. Conforme a empresa, 84% dos donos das versões que mesclam eletricidade e combustível fóssil estão satisfeitos com eles.
 
Modelos mais bem avaliados
 
O VW ID.3 foi a versão totalmente elétrica mais bem avaliada entre os motoristas participantes da pesquisa, recebendo 100% de recomendação. Na sequência, vieram os modelos Tesla Model 3 e Kia e-Niro com 96%, Hyundai Kona EV (94%), Renault Zoe (92%) e Nissan Leaf (90%).
 
As versões híbridas BMW Série 3 e Kia Niro Plug-in Hybrid também obtiveram 100% de aprovação entre os entrevistados, alcançando o mesmo índice obtido pelo ID.3, de acordo com a Zap-Map.
 
Para a cofundadora do serviço Melanie Shufflebotham, essa pesquisa evidencia o aumento do impacto dos carros limpos entre os consumidores nos últimos anos. “O desafio para a indústria automotiva é aproveitar as oportunidades que os elétricos apresentam”, comentou.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">