14/01/2021 às 16h37min - Atualizada em 14/01/2021 às 16h37min

​Sampaoli é absolvido pelo Pleno do STJD e está liberado para comandar o Galo

Treinador foi julgado por denúncia de que não poderia estar no Mineirão, contra o Flamengo, estando suspenso, além de possível comunicação com a comissão técnica por telefone

O Tempo
Denunciado pela Procuradoria-Geral do STJD por estar presente na goleada de 4 a 0 sobre o Flamengo, em 8 de novembro, Jorge Sampaoli foi absolvido e está livre para comandar o Atlético contra o Atlético-GO, domingo, às 18h15 (de Brasília), no Mineirão.

Na partida contra o Flamengo, o treinador argentino cumpria suspensão pelo terceiro cartão amarelo, mas foi flagrado no Gigante da Pampulha, inclusive utilizando aparelho celular.

Aa Procuradoria fez a denúncia sob duas possibilidades: ou fazia parte da delegação do Atlético (e não observava a suspensão), ou não fazia parte da delegação do Galo e infringia a regra implementada pela pandemia da Covid-19, na qual restringe o acesso às praças esportivas.

Porém, o STJD julgou como improcedente as denúncias por não possuir fatos concretos de que Sampaoli infrigiu qualquer uma das duas regras, já que a defesa do Atlético, representada por Lucas Ottoni, alegou que o treinador foi autorizado pela diretoria de competições da CBF a estar presente no estádio, no dia do jogo, como 'membro do staff'.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">