21/01/2021 às 15h21min - Atualizada em 21/01/2021 às 15h21min

Fabricante da vacina de covid-19 é atingido por incêndio na Índia

Jorge Marin
Tecmundo
O Instituto Serum, na Índia, presente no noticiário por fabricar a vacina de Oxford contra a covid-19, foi atingido na manhã desta quinta-feira (21) por um incêndio. Além de produzir o imunizante com o conglomerado farmacêutico AstraZeneca/Oxford, o laboratório indiano é o maior produtor de vacinas do mundo, além de outros medicamentos imunobiológicos.
 
No começo da manhã, o presidente do Serum, Adar Poonawalla, usou sua conta no Twitter para dizer que, após o acidente,  alguns andares da instalação haviam sido destruídos, mas que não havia vítimas. No entanto, em uma atualização às 9h27 (horário de Brasília), o executivo reconheceu que o incêndio havia deixado vítimas.
  
Sobre a produção de vacinas contra a covid-19
 
De acordo com o Times of India, pelo menos cinco pessoas morreram no incêndio, possivelmente trabalhadores em uma obra que estava sendo realizada no prédio e que, segundo a imprensa indiana, teria sido o foco inicial de calor com uma falha elétrica.
 
Imagens feitas pela agência ANI, parceira da Reuters, mostram rolos de fumaça negra saindo de um edifício cinza no centro do enorme complexo que sedia o Instituto Serum, localizado na cidade de Pune, no oeste da Índia.
 
Em uma declaração à imprensa, Poonawalla tranquilizou todos os governos e países do mundo que aguardam a vacina, afirmando que não haverá “perda de produção da COVISHIELD, devido aos diversos edifícios de produção que mantenho em reserva para lidar com essas contingências”.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">