02/02/2021 às 08h53min - Atualizada em 02/02/2021 às 08h53min

Corretor de café de Manhuaçu é morto durante assalto na BR-116

Lucas Humberto
O corretor de café Juarez Gomes, de 62 anos, conhecido como Faísca, foi morto durante um assalto ocorrido na tarde da última sexta-feira (29/01), no km 586 da BR-116, próximo aos distritos de Vilanova e São Pedro do Avaí, em Manhuaçu. De acordo com informações da PM, a vítima chegou a sacar R$ 48 mil no Banco Bradesco, em Realeza, e seguiu em seu próprio carro, um veículo Jetta, para o distrito de Dom Corrêa, onde faria um pagamento envolvendo negociações de café. Ainda em Realeza, Juarez deu carona para duas mulheres, uma conhecida por ele e outra que ainda não foi identificada. Na altura do km 586, Juarez parou para a passageira não identificada descer do carro, momento em que ele foi surpreendido por dois criminosos que anunciaram o assalto, apontando uma arma de fogo para a vítima. Nesse instante, Juarez acelerou o carro para tentar fugir e foi alvejado por um disparo nas costas. Mesmo baleado, Juarez continuou dirigindo pela rodovia e começou a desfalecer, perdendo o controle da direção e se acidentando. Ele colidiu contra a parte traseira de uma carreta cegonheira e, em seguida, bateu de frente com uma picape Saveiro. Juarez morreu no local em decorrência do disparo. O Corpo de Bombeiros constatou o óbito da vítima e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) isolou o local até a chegada perícia da Polícia Civil. A passageira, que já conhecia o Juarez, informou não conhecer a outra mulher e alegou apenas que elas estavam no mesmo local pedindo carona. A passageira que estava com o Juarez no carro não sofreu lesões. O condutor da Saveiro foi conduzido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Manhuaçu com dores na região lombar. O dinheiro sacado no banco não foi levado pelos bandidos, pois a quantia estava dentro de um envelope localizado no porta objetos da porta do motorista. As diligências prosseguem no sentido de identificar os autores, e a mulher desconhecida que estava de carona. A PM, a Polícia Civil e a PRF estão trabalhando com a verificação de alguns suspeitos, bem como com uma determinada motocicleta, que teria sido flagrada por câmeras de segurança próximas ao local do fato. A comunidade também pode ajudar através de denúncias pelo 190 ou pelo Disque-Denúncia 181.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">