04/02/2021 às 08h28min - Atualizada em 04/02/2021 às 08h28min

Caminhão de tira-entulho colide em poste da Rua Nestor Leite de Mattos e moradores ficam sem energia elétrica

Fabio Teodoro
O caminhão de tira-entulho, que ficou desgovernado, bateu em um poste localizado à rua Nestor Leite de Mattos, no centro. no início da manhã desta quarta-feira (03/02). Não houve vítimas, apenas danos materiais, mas, devido ao acidente, moradores ficaram sem energia elétrica.

De acordo com a Polícia Militar, o Centro de Operações Policiais Militares (COPOM) do 62º Batalhão de Caratinga, recebeu uma solicitação, via 190, dando conta de que um poste havia sido danificado por um acidente e deixado fiações expostas, podendo ocasionar risco às pessoas. 

Diante disso, foi feito o isolamento do local e contato com a Cemig. Segundo a PM, em conversa com o motorista, ele relatou que, por volta das 7h, estacionou no local para remover uma caçamba de entulho. 

Quando o motorista posicionou o braço que eleva a caçamba e retornou para a cabine, o caminhão começou a descer sentido a Rua Nestor Leite de Mattos e ele não teve mais o controle do veículo, que só parou depois de colidir contra o poste. Ainda conforme a PM, o condutor disse que o acidente, possivelmente, teria sido causado por um problema mecânico. A PM fez um registro policial para que a polícia judiciária tome as demais providências. 

Em nota, a Cemig informou que assim que soube da ocorrência realizou manobras operativas para restabelecer energia o mais rapidamente possível. Por volta de 10h, cerca de 85% dos clientes atingidos já estavam com o fornecimento normalizado.

Ainda pela manhã, eletricistas da Cemig começaram os trabalhos de substituição do poste. A empresa esclareceu que, em caso de colisões em postes, as equipes da Cemig realizam primeiro os reparos na estrutura danificada e depois notifica o motorista responsável para arcar com os custos. 

O motorista causador do acidente tem prazo de até 60 dias para ressarcir os danos causados à rede da Cemig. Somente a estrutura do poste custa, em média, cerca de R$ 4 mil reais. Esse valor pode subir para até R$ 10 mil em caso de danos a equipamentos. Em Minas Gerais, a média é de 10 postes derrubados por colisões de veículos por dia.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">