16/02/2021 às 17h10min - Atualizada em 16/02/2021 às 17h10min

ONG Latemia pede criação do conselho municipal de direito e bem-estar animal

Fabio Teodoro
A criação do Conselho Municipal de Direito e Bem-Estar Animal foi solicitada pela ONG LateMia, que tem como presidente Marta Lopes. Para que o Conselho do Bem-Estar Animal seja criado em Caratinga, o prefeito Welington Moreira tem que enviar à Câmara um projeto de lei, para que seja apreciado e votado pelos vereadores. Após uma reivindicação da ONG LateMia, o vereador Johny Claudy, conhecido por pedidos da causa animal, solicitou o envio deste projeto pelo chefe do Executivo.

“A finalidade hoje é o bem-estar animal, como diz o pedido de providência. A gente tem visto muito a questão dos maus-tratos e as protetoras de Caratinga, com um trabalho maravilhoso, e estou fazendo esse pedido também, por causa da ONG LateMia, que fez essa reivindicação ao meu gabinete. Então, estamos lutando e vendo que é necessário. A gente espera que o Executivo atenda e possa ser criado esse Conselho do Bem-estar Animal”, disse o vereador.

A presidente da ONG de proteção e defesa dos animais defende a criação do conselho para controlar a população de cães e gatos, já que o crescimento do número de animais abandonados é um problema de saúde pública.

Ainda segundo Marta, a criação do Conselho do Bem-Estar Animal está baseada na Lei Estadual n° 21.970 de 2016 que repassa aos municípios, com o apoio do Estado, a responsabilidade de identificação e o controle populacional de cães e gatos.  

Marta espera que o prefeito atenda o pedido e envie o projeto de lei para o plenário.



Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">