04/03/2021 às 17h50min - Atualizada em 04/03/2021 às 17h50min

Veja os impactos do aumento do preço dos combustíveis na economia brasileira

Lorena Gonçalves
Neste início de ano, a Petrobrás vem aumentando constantemente o preço do combustível. Foram quatro aumentos no preço da gasolina e três do óleo diesel. Com os novos reajustes, o litro da gasolina nas refinarias acumula alta de 41,3% desde o início do ano. O óleo diesel subiu 34,16% no mesmo período. Entenda o porquê desses reajustes e quais são os impactos na economia do país.
 
Em pouco mais de dois meses a Petrobrás reajustou o preço dos combustíveis cinco vezes. Segundo o administrador José Carlos Moreira, o constante aumento no preço da gasolina e do diesel é devido à alta internacional do dólar e a produção de petróleo da OPEP. Hoje (04), o dólar está na casa dos 5 reais e sessenta e dois centavos.
Para driblar esses índices altos, outros caminhos podem ser trilhados. Investir no etanol e outras riquezas do Brasil, como explica o administrador.
 
Ainda segundo o administrador, a Petrobrás aderiu a uma política de preços que repassa, ao preço da gasolina e do óleo diesel, nas refinarias, a variação da cotação internacional dos combustíveis. A estatal leva em consideração o quanto ela poderia ganhar se exportasse seus produtos. Ou seja, se o valor sobe no mercado internacional, a Petrobrás tende a aumentar os preços internos para preservar os lucros.
 
 
O governo federal emitiu esta semana um decreto que iria zerar os impostos federais do PIS, PASEP e CONFINS sobre o diesel, a gasolina e o gás de cozinha para amenizar os impactos dos reajustes, por dois meses.  Além disso, os constantes aumentos foram o ápice para que o Presidente Jair Bolsonaro demitisse o presidente da Petrobrás, Roberto Castello Branco.
 
Devido à pandemia da Covid-19, a Petrobras fechou o ano de 2020, com lucro líquido em R$ 7 bilhões. Isso representa uma queda de 82,3% em relação ao ano anterior. Para José Carlos, a alta do preço do barril de petróleo, no mercado internacional é bom para país, mas precisa de haver um equilíbrio.
 
O impacto do aumento do preço do combustível é completo. Na última semana os transportadores de combustíveis de Minas Gerais, fizeram uma paralização por considerar o preço abusivo. O administrador explica que precisa criar outros meios para minimizar o efeito do aumento do preço dos combustíveis.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">