02/04/2019 às 14h22min - Atualizada em 02/04/2019 às 14h22min

Revista coloca ex-jogadores de Cruzeiro e Atlético entre piores contratações do futebol inglês

Conhecida por suas polêmicas listas, a revista inglesa FourFourTwo elegeu as piores contratações do Campeonato Inglês desde 1992, quando foi instaurada a "Era Moderna" da competição. Entre os 50 nomes, quatro são brasileiros: Jô, ex-Atlético, Gilberto, ex-Cruzeiro, além de Roque Júnior e Jardel.

Melhor brasileiro no ranking negativo, com a 25ª colocação, o lateral-esquerdo/meia Gilberto foi contratado pelo Tottenham no último dia da janela de transferências de 2008, após ótima passagem pelo Hertha Berlin da Alemanha. Na Inglaterra, o jogador teve poucas chances, tanto na Premier League quanto na Liga Europa. Em uma partida da competição continental, o atleta ficou irritado depois de ser substituído no intervalo, deixou o estádio de táxi e nunca mais voltou a vestir a camisa do clube. 
 


Revelado pelo Flamengo, Gilberto acumula duas passagens pelo Cruzeiro. A primeira foi ainda jovem, com 22 anos, em 1998, antes de acertar com a Inter de Milão. Onze anos depois, em 2009, o jogador voltou ao clube mineiro onde atuou por três temporadas, inclusive sendo convocado para disputar a Copa do Mundo de 2010 pela Seleção Brasileira, a segunda consecutiva do atleta.
Velho conhecido do torcedor atleticano, o atacante Jô é o 40ª colocado na lista. Em 2008, o centroavante foi adquirido por 19 milhões de libras (cerca de R$ 45 milhões na época) pelo Manchester City, no que foi, à época, a maior contratação do time na história. Dono de "atuações vergonhosas" segundo a revista, o atacante ainda foi emprestado ao Everton antes de retornar ao Brasil.


Jô defendeu o Atlético em três temporadas e meia, de 2012 até o início de 2015. O centroavante foi uma das principais peças do time alvinegro na conquista da Copa Libertadores, em 2013, quando conquistou a artilharia da premiação, com sete gols. O atacante ainda conquistou a Copa do Brasil pela equipe, além de uma Recopa e dois Campeonatos Mineiros. Pelo clube, ele marcou 39 gols em 127 jogos.

O jogador ainda foi convocado pela Seleção Brasileira para a Copa do Mundo de 2014. Um ano antes, em 2013, Jô foi campeão da Copa das Confederações. Atualmente, com 32 anos, o centroavante defende o Nagoya Grampus, do Japão. Seu último clube no Brasil foi o Corinthians, pelo qual conquistou artilharia e título do Campeonato Brasileiro, com 18 gols.

Outros brasileiros

Em 30º na lista aparece Jardel. De acordo com a publicação, o Bolton foi ludibriado pelos números do jogador na Turquia e Portugal, campeonatos em que as transmissões "praticamente não existiam". Após obter média de quase um gol por jogo no Porto, Galatasaray e Sporting, o brasileiro atuou em sete jogos do Campeonato Inglês e não balançou as redes.

Fechando a presença de jogadores brasileiros no ranking, Roque Júnior ocupa a 48ª posição. Então campeão do mundo, o zagueiro foi contratado por empréstimo pelo Leeds United em 2003. Conforme a publicação, a passagem do defensor pela Inglaterra foi um "pesadelo", com apenas cinco jogos disputados e uma expulsão. O time acabou rebaixado à segunda divisão na temporada.

A liderança da lista fica com o Ali Dia, que se denominava primo histórico do melhor do mundo de 1995 George Weah. Nos 52 minutos em que defendeu o Southampton, o atacante "correu sem rumo pelo campo buscando se afastar da bola" para, posteriormente, "desaparecer da face da terra’, segundo a publicação.
 


Confira as piores contratações da história moderna do Campeonato Inglês de acordo com a FourFourTwo: 

1 – Ali Dia (Southampton)

2 – Savio Nsereko (West Ham)

3 – Massimo Taibi (Manchester United)

4 – Milton Nunez (Sunderland)

5 – Jozy Altidore (Sunderand)

6 – Junior Lewis (Leicester)

7 – Bebé (Manchester United)

8 – Winston Bogarde (Chelsea)

9 – Igor Stepanovs (Arsenal)

10 – Bosko Balaban (Aston Villa)

25 – Gilberto (Tottenham)

30 – Jardel (Bolton)

40 – Jô (Manchester City)

48 – Roque Júnior (Leeds United)


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">