11/04/2019 às 08h34min - Atualizada em 11/04/2019 às 08h34min

Levir minimiza situação crítica e confia na classificação do Atlético: 'Por que não?'

Apesar da situação crítica do Atlético na Libertadores, depois da goleada sofrida para o Cerro Porteño por 4 a 1, de virada, em Assunção, o técnico Levir Culpi mantém a confiança em uma reação e na classificação da equipe às oitavas de final. Para isso, no entanto, além de vencer os próximos jogos, contra Nacional, no dia 23, no Mineirão, e Zamora, em 7 de maio, na Venezuela, o Galo depende de uma combinação de resultados para alcançar a fase seguinte do torneio continental. 
Na coletiva depois do jogo em Assunção, Levir Culpi foi questionado sobre as chances reduzidas de o Atlético obter uma das duas vagas do Grupo E para as oltavas de final e disse que ainda crê na classificação. O treinador se apega ao fato de que no futebol as surpresas ocorrem e as circunstâncias podem mudar em um curto espaço de tempo. E citou como exemplo o próprio resultado do Galo no Paraguai.
"Por que não? Por que não? Tudo pode acontecer. Se esperava o resultado? Quem esperava esse resultado? Então, essas coisas acontecem", frisou o treinador ao ser indagado sobre a possibilidade de o time ainda avançar na Libertadores. Ele admitiu que se surpreendeu com a virada fulminante sofrida pelo Atlético após abrir o placar contra o Cerro Porteño. 
 
"O time, realmente, disputou o primeiro tempo fora da média. E aqueles 15 minutos… acho que tomamos quatro gols em 15, 20 minutos, não passou disso. Uma coisa muito estranha sim. Mas é possível de acontecer. Saímos para frente no jogo, mas não tivemos a capacidade para controlar", avaliou o comandante, novamente pressionado após a terceira derrota da equipe na Libertadores. 
 

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">