15/04/2019 às 15h08min - Atualizada em 15/04/2019 às 15h08min

Comandante do Grupamento de Resgate de Ubaporanga é agredida por ativista político de Caratinga

Fato aconteceu na noite de sábado (13/04)

Lucas Vieira
Na manhã desta segunda-feira, Andréia Ribeiro, de 42 anos, comandante e vice-presidente do Grupamento de Resgate de Ubaporanga, esteve da Delegacia Regional de Polícia Civil para ser ouvida pelas autoridades. Segundo Andréia, ela foi agredida por Juarez Leite da Costa, conhecido como “Taka Pedra” por volta de 01:50h da manhã último sábado um bar situado à rua Marechal Teodoro da Fonseca, no centro de Caratinga. Em entrevista, a bombeira diz ter sido atacada com uma garrafa por Taka Pedra quando tentou intervir em um princípio de discussão entre ele e o namorado dela.

Na hora do fato a PM foi acionada e esteve no local registrado a ocorrência. Até o momento o suspeito não foi localizado. Andreia disse que a garrafada que levou de Taka Pedra causou sérios danos ao seu olho esquerdo.

Em um vídeo divulgado por Andreia nas redes sociais, monstra o momento em que o suspeito fugiu do local. Segundo a bombeira ele quase teria atropelado uma pessoa. Andreia relatou ainda que Juarez teria divulgado informações falsas em seu facebook sobre a briga.

O jornalismo da TV Sistec tentou contato telefônico com Juarez por várias vezes, sem sucesso. Até o fechamento desta reportagem não recebemos o retorno do acusado. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">