27/07/2021 às 15h49min - Atualizada em 27/07/2021 às 15h49min

"Frio do século no Brasil"? Especialistas dizem que é fake

André Luiz Dias Gonçalves
Tecmundo
Uma massa de ar frio de origem polar deve chegar ao Brasil esta semana, derrubando as temperaturas em vários estados. Porém, não se trata da “onda de frio mais intensa do século”, conforme as notícias que têm circulado nas redes sociais e em apps de mensagens.
 
Em nota divulgada nesta segunda-feira (26), o site Climatempo desmentiu as fake news relacionadas ao suposto “frio mais intenso do século no Brasil”. De acordo com a publicação, a massa de ar frio provocará uma queda acentuada da temperatura no Centro-Sul do país, mas não de forma exagerada.
 
Ainda segundo os especialistas, não teremos temperaturas abaixo de -15ºC no Sul nem risco de neve no Rio de Janeiro, ao contrário do que afirmam os relatos compartilhados. Recorde histórico de frio em São Paulo e temperaturas negativas em Porto Alegre (Rio Grande do Sul) também não estão na previsão do tempo oficial.
 
Outro ponto desmentido pelos meteorologistas foi o alerta de frio intenso no Brasil que teria sido emitido pelos governos dos Estados Unidos e Canadá. Segundo a empresa, os modelos de previsão americano e canadense indicam a possibilidade de baixas temperaturas no país, mas não há qualquer aviso lançado pelas autoridades dessas nações.
 
O que podemos esperar?
 
A massa de ar polar que chega ao Brasil na quarta-feira (28) pode provocar a onda de frio mais intensa do ano. Há possibilidade de neve nas áreas mais altas das serras catarinense e gaúcha e no planalto de Santa Catarina, entre os dias 28 e 29.
 
Recordes de frio no Sul também podem ser quebrados, variando de -8ºC a -10ºC nas áreas serranas, onde a sensação térmica tem chance de ir a -25ºC. Há previsão de baixas temperaturas ainda nas capitais da região e também em São Paulo e Minas Gerais, além do Mato Grosso do Sul.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">