30/08/2021 às 18h15min - Atualizada em 30/08/2021 às 18h15min

Grupos criminosos usam PIX para ganhar dinheiro à base de golpes e sequestros

Crimes com uso da ferramenta já chamam atenção

(Foto: Getty Images)
Assim como o conjunto da população, o crime organizado já está descobrindo as facilidades no uso do PIX, no caso das quadrilhas, ilegalmente. O tema chegou à Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados. Na audiência, as autoridades da área de segurança discutiram como tornar o PIX mais seguro diante das ocorrências que começam a chamar a atenção nas estatísticas policiais.

O representante do Grupo de Repressão a Crimes Cibernéticos da Polícia Federal, Erik Siqueira, mostrou como funciona este novo tipo de ilegalidade a partir do sequestro de pessoas que são obrigadas a fazer as transferências bancárias. Ele lembrou que a nova modalidade faz parte de toda uma série de crimes cibernéticos anteriores ao PIX.

O PIX foi desenvolvido pelo Banco Central. O representante da instituição, Breno Lobo, também falou à comissão destacando os mecanismos de segurança dessa forma de pagamento eletrônica. Ele trouxe números sobre o uso do instrumento assim como de casos registrados de infrações. A conclusão ainda é de uma baixa proporção. Mas admitiu que é preciso esclarecer melhor a população quanto aos riscos de golpe, além de reforçar a colaboração com as forças policiais.




O presidente da Associação dos Delegados da Polícia do Brasil, a ADEPOL, Rodolfo Laterza, apontou uma proposta originária do Senado e, atualmente, em análise na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados, que poderia facilitar as investigações policiais desse novo tipo de crime. Ele pediu agilidade na análise da matéria.

O deputado que requereu a audiência pública, Delegado Antônio Furtado (PSL/SP) sugeriu mecanismos que podem ser adotados para melhorar a segurança no uso do PIX como: alertas sobre transferências que fogem muito do padrão do usuário.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">