01/09/2021 às 17h31min - Atualizada em 01/09/2021 às 17h31min

Irmãos acusados de matar pedreiro em lavoura de café são presos após decisão judicial

Crime ocorreu em julho, próximo ao distrito de Sapucaia, em Caratinga. Duas pessoas foram presas nesta quarta por receptação

José Milton Carvalho de Assis, de 59 anos, foi assassinado numa lavoura de café no dia 19 de julho (Foto: divulgação)
A prisão dos homens ocorreu na tarde de terça (31), e operação foi conjunta entre as polícias Civil e Militar. Na ocasião do assassinato, a polícia realizou várias diligências para encontrar os autores. Os mandados de prisão foram autorizados pelo Poder Judiciário, na terça-feira.

Um mandado de busca e apreensão foi cumprido nesta quarta-feira (1º) e duas pessoas foram presas. A Polícia Civil apurou que os relatos dos acusados não procedem com disseram durante a apresentação, em julho. A motivação do crime seria uma disputa de terra.

Segundo a polícia, há várias ocorrências contra os envolvidos por intimidar pessoas que são contratadas para trabalhar no local.

A história de que a vítima havia acelerado um equipamento em direção aos autores, de fato, não ocorreu. Uma testemunha ouvida pela Polícia Civil confirmou que José Milton não acelerou a roçadeira. Essa testemunha teria sido ameaçada pelos autores.




Além dos acusados, outras duas pessoas, de 26 e 28 anos, que é o mototaxista e a que comprou o celular, foram presas, nesta quarta-feira, sob a crime de receptação. O aparelho celular da vítima, José Milton Carvalho de Assis, foi subtraído após o crime por um dos acusados, que deu como forma de pagamento para um mototaxista, que prestou uma corrida.

O CRIME

A vítima do assassinato é José Milton Carvalho de Assis, de 59 anos. Ele foi encontrado morto com perfurações na cabeça, numa lavoura de café, no Córrego São Silvestre, próximo ao Distrito de Sapucaia, em Caratinga, no dia 19 de julho. 

De acordo com a perícia da Polícia Civil, a vítima apresentava dois cortes na parte de trás da cabeça e outro na região da testa, além de um ferimento em um dos dedos da mão esquerda, o que indica que José Milton teria tentado se defender dos golpes.


(Foto: Fábio Teodoro/ TV SISTEC)

A vítima morava em Caratinga e saiu de casa em seu carro, por volta das 5h, para ir trabalhar no local. O Fiat Uno pertencente à José Milton foi encontrado estacionado nas proximidades. Após o crime, os autores fugiram numa motocicleta. O veículo foi localizado na Rua do Correio e apreendido.

Uma semana depois do assassinato, os irmãos, acompanhados do advogado de defesa, se apresentaram à Polícia Civil de Caratinga.

O inquérito instaurado para apurar o homicídio será concluído no prazo de trinta dias e remetido à Justiça.

O mototaxista e o suspeito foram encaminhados à delegacia e serão indiciados pelo crime de receptação. Já os irmãos acusados foram recolhidos ao sistema prisional.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">