16/09/2021 às 16h27min - Atualizada em 16/09/2021 às 16h27min

Garis pedem ajuda da população quanto ao descarte de lixo para evitar acidentes

Descarte inadequado de objetos cortantes coloca coletores em risco durante coleta em caratinga

Miguel Bráz
(Foto: reprodução/ TV SISTEC)
O pedido de ajuda do gari Marcos Sousa é bem simples. O vídeo em que ele e outros colegas aparecem recolhendo lixo foi publicado em suas redes sociais. O perigo sondava os trabalhadores: eles encontraram pedaços de espelho dentro de uma lixeira, e o recado para a população caratinguense não deixou de ser repassado.



Os garis têm contato direto com o lixo descartado e, por isso, estão suscetíveis a acidentes e contaminações. Geralmente, a maioria dos acidentes de trabalho que acontece com garis tem relação direta com a forma de armazenar o lixo. Para cada material, há uma maneira correta de separar e descartar.

Mesmo com o uso de equipamentos de segurança, vários coletores sofrem algum tipo de ferimento e são afastados por causa da má separação dos materiais, que também trazem risco ao meio ambiente. Por isso, é importante que a população se conscientize.

Não é recomendável enterrar estes tipos de materiais porque, posteriormente, pode acontecer alguma movimentação e causar acidente. A recomendação é que o material seja encaminhado a algum aterro sanitário, porém, da maneira correta que não coloque em risco o trabalho dos colaboradores.

Por outro lado, existem algumas campanhas que alertam a população acerca do descarte correto dessa classe de material.

A orientação é que materiais pontiagudos ou cortantes devem ser colocados dentro de uma garrafa pet ou caixa de leite. Com os objetos cortantes bem acondicionados o risco de que os sacos de lixo rasguem na hora da coleta é menor.

Por isso, colabore com a sua e com a segurança de quem está sempre fazendo a limpeza urbana.
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">