26/11/2021 às 17h37min - Atualizada em 26/11/2021 às 17h37min

Aeronave que caiu com cinco pessoas em caratinga não teria apresentado problemas, diz Polícia Civil

Vítimas sofreram politraumatismo contuso após a queda

(Foto: Miguel Bráz/ TV SISTEC)
Segundo o delegado da 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Caratinga, Ivan Lopes Sales, o órgão vem traçando hipóteses e, na medida em que elas são descartadas, as investigações avançam. Uma das hipóteses eliminadas foi a questão de que o piloto ou o copiloto tivessem alguma doença pré-existente que poderia ter colaborado com o acidente.

As investigações apontaram que o piloto estava a menos de dois minutos do pouso e que aparentemente, não apresentava problemas.




“O piloto que acidentou estava a um minuto ou a um minuto e meio do pouso quando, infelizmente, parece que se chocou contra a rede de transmissão da Cemig. A gente fala que parece porque precisamos dessa perícia. A gente avançou um pouco nas investigações porque descartamos, também, se considerarmos que o piloto ia pousar e não relatou nenhum tipo de problema, a gente avança um pouco mais. Porém, não descartando completamente, mas demos início da investigação no sentido de que a aeronave não teria apresentado nenhum tipo de problema. A gente só vai ter certeza com o laudo do CENIPA na aeronave.”, detalhou Ivan Sales.

Conforme o delegado, agora, os próximos passos serão encaminhar os ofícios e aguardar os laudos do SERIPA III, órgão responsável pelas investigações de acidentes aéreos.

De acordo com o médico legista, Dr. Thales Bittencourt, os trabalhos de necropsia foram finalizados, e que todas as vítimas apresentaram politraumatismo contuso em virtude da queda.

O acidente aconteceu no último dia 5 de novembro em uma cachoeira que corta uma propriedade privada na zona rural de Caratinga.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">