09/02/2022 às 14h54min - Atualizada em 09/02/2022 às 14h54min

Justiça retira acusação de terrorismo contra empresário Eduardo Fauzi

Empresário participou de ataque à produtora Porta dos Fundos em 2019

Agência Brasil
(Foto: reprodução)

A Justiça retirou a acusação de terrorismo contra o empresário Eduardo Fauzi, suspeito de participar do atentado à produtora do grupo audiovisual de comédia Porta dos Fundos, em 2019, em Botafogo, zona sul do Rio de Janeiro.

ataque com artefatos explosivos do tipo coquetel molotov ocorreu em dezembro de 2019, após uma polêmica envolvendo o especial de Natal produzido pelo grupo. Fauzi foi preso pela Interpol em Moscou, na Rússia, em setembro de 2020.

O Ministério Público Federal (MPF) havia oferecido a denúncia do caso como terrorismo, mas o desembargador Marcello Ferreira de Souza Granado retirou a acusação, transferindo, assim, a competência do julgamento para a Justiça no Rio de Janeiro.

A sessão virtual da 2ª Turma Especializada do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) ocorreu no dia 31 de janeiro, mas a ata só foi divulgada hoje (9).

A decisão mantém a prisão preventiva do acusado, mas o processo na esfera federal foi anulado e terá que ser reiniciado na Justiça no Rio de Janeiro. Fauzi está preso em Moscou.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">