09/02/2022 às 15h12min - Atualizada em 09/02/2022 às 15h12min

Homem é assassinado com golpes de tijolo na cabeça em Santa Rita de Minas

Vítima também foi agredida com um golpe de enxada. Crime ocorreu no bairro Santo Antônio

(Foto: Miguel Bráz/ TV SISTEC)
O assassinato ocorreu dentro de uma residência, na rua João Corrêa de Faria, no bairro Santo Antônio, em Santa Rita de Minas, na noite de terça-feira (8). A vítima foi identificada como Alex Ribeiro da Silva, de 29 anos.

Segundo a Polícia Militar, o suspeito de ter matado o jovem é um homem, de 28 anos, que está sendo procurado pelos militares. Uma equipe foi acionada e, ao chegar ao local, encontrou o jovem com sangramentos na região da cabeça e morto.




A área foi resguardada pela PM até a chegada da perícia técnica da Polícia Civil. De acordo com a perícia inicial, ao que tudo indica, Alex pode ter sido morto a tijoladas.

"Inicialmente, a vítima sofreu alguns ferimentos contusos na região da cabeça. Estava com várias deformações e o rosto bem inchado e algumas escoriações porque houve ali uma luta corporal e alguns móveis estavam revirados. Haviam tijolos e alguns outros materiais de construção porque existe uma obra em andamento ali. Existiam destroços de tijolos, então, eles podem ter sido utilizados, é bem possível. Mas nenhuma outra arma ou outra coisa que pudesse vincular ao fato. A vítima também não apresentava outro tipo de ferimento", informou o perito Fernando Gomes.

Após a realização dos trabalhos, o corpo foi removido pelo serviço funerário e encaminhado ao Instituto Médico Legal, IML, de Caratinga.

Conforme o PM, testemunhas relataram que o suspeito e a vítima haviam iniciado uma discussão e que, em função do atrito, o homem teria desferido um golpe de enxada na vítima, que teria saído do local após a agressão. Perto das 20h, Alex teria chegado armado com uma faca, e o envolvido teria corrido para dentro de casa e Alex ido atrás. As testemunhas ainda contaram que não presenciaram as agressões, mas escutaram a discussão e que, o autor saiu aparentemente ferido.

De acordo com os militares, as partes possuem passagens criminais. A Polícia Militar começou os trabalhos para identificar a autoria. Quem tiver qualquer informação que possa ajudar a polícia pode entrar em contato pelo telefone 190.

A motivação do crime ainda é apurada pelos policiais.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">