15/05/2019 às 14h29min - Atualizada em 15/05/2019 às 14h29min

Apac Inhapim inaugura curso de elétrica predial para recuperandos.

Proporcionar condições para que o condenado consiga a reintegração social, espaço no mercado de trabalho e uma melhor qualidade de vida são alguns dos objetivos da APAC.

Lucas Vieira
Proporcionar condições para que o condenado consiga a reintegração social, espaço no mercado de trabalho e uma melhor qualidade de vida são alguns dos objetivos da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados – APAC. A manhã desta terça-feira foi mais que especial para 20 recuperandos dos sistemas semiaberto e fechado da APAC de Inhapim. A casa realizou a aula inaugural do curso de elétrica predial. A capacitação é resultado de uma parceria entre a Associação, Tribunal de Justiça e Sistema FIEMG.

O curso de elétrica será ministrado no interior da APAC durante 30 dias. Foi prepara uma sala com todos os equipamentos para instruções práticas e teóricas. De acordo com Amir Alves, do Sistema FIEMG, os 20 recuperandos sairão capacitados para a atuação no mercado de trabalho.

A parceria com o Sistema FIEMG também teve êxito graças ao projeto ‘Minas pela Paz’, que realiza ações para o fortalecimento da metodologia das APACS. O gerente, Eneias Melo, também esteve presente no encontro e destacou que o projeto mobiliza permanentemente empresários, formadores de opinião, imprensa, universidade e cidadãos dos municípios para conhecer, acolher e participar das atividades das APACs em cada comarca.

O recuperando Arlindo Felipe viu com bons olhos a oportunidade oferecida pela APAC de Inhapim. Ele já participou do curso de mecânica de motos e foi capacitado para atuação na área. Agora se prepara para melhorar ainda mais seu currículo através do curso de elétrica predial.

APAC - Associação de Proteção e Assistência aos Condenados - é uma entidade civil de direito privado, com personalidade jurídica própria, dedicada à recuperação e reintegração social dos condenados a penas privativas de liberdade.

Amparada pela Constituição Federal para atuar nos presídios, possui seu Estatuto resguardado pelo Código Civil e pela Lei de Execução Penal.
A APAC opera como entidade auxiliar do poder Judiciário e Executivo, respectivamente, na execução penal e na administração do cumprimento das penas privativas de liberdade nos regimes fechado, semiaberto e aberto.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">