15/05/2019 às 17h03min - Atualizada em 15/05/2019 às 17h03min

Copasa anuncia mais uma etapa das obras de ampliação do sistema de esgotamento sanitário e promete tratar 100% do esgoto de Caratinga até dezembro de 2020.

As obras são planejadas desde a assinatura do contrato de concessão em 1988, e tem como objetivo preservar o ambiente e trazer mais saúde à população.

Fernanda Freitas e Lucas Humberto
Em coletiva de imprensa realizada na tarde desta última segunda-feira, a COPASA anunciou o inicio da ampliação e da conclusão da segunda etapa do sistema de esgotamento de Caratinga. O evento contou com a presença de autoridades, e foi marcado por diversos anúncios em relação à infraestrutura planejada pela empresa para a região, a partir do investimento de mais de 21 milhões de reais. Na ocasião foram apresentadas todas as etapas dos trabalhos já realizados pela Copasa e as que estão por vir.

As obras são planejadas desde a assinatura do contrato de concessão em 1988, e tem como objetivo preservar o ambiente e trazer mais saúde à população. Além da geração de empregos, haverá investimentos na forma de compras de materiais de construção na cidade. Atualmente 58% do volume total de esgoto de Caratinga são tratados e o objetivo é chegar a 100%. O superintende operacional também esclareceu que a empresa não tem concessão do esgoto na zona rural da cidade.

Um dos questionamentos corriqueiros dos consumidores é a tarifa de esgoto. Albino esclareceu que a tarifa é regulada pela ARSAE, a agência reguladora de serviços de Abastecimento de água e de esgotamento sanitário do estado de Minas Gerais e explicou como ela é utilizada.

Sobre a captação complementar realizada no Rio Preto, Albino explicou que 70% das obras estão prontas. E adiantou que Caratinga não corre risco de passar novamente pelo processo de rodizio de água, graças à captação que já está bem adiantada.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">