28/06/2019 às 15h25min - Atualizada em 28/06/2019 às 15h25min

Bomba é jogada no quartel da PM de Uberlândia ‘para impedir reforço em ataque a Uberaba’

Portal V9 Vitoriosa
Amirt
Continua interditada, na manhã desta sexta-feira, 28, já há 24h, a Rua Vítor Rodrigues de Rezende, no Bairro Distrito Industrial, em Uberlândia, onde fica o quartel da Polícia Militar. Na manhã de ontem um artefato explosivo foi jogado na calçada em frente ao batalhão.

A PM acredita que a ação tenha sido uma estratégia de criminosos para impedir que o efetivo de Uberlândia enviasse reforços para atuar no ataque a agências bancárias que ocorreu simultaneamente em Uberaba. Na cidade vizinha uma quadrilha fortemente armada com fuzis promoveu terror e caos com tiroteio e furto em agências do Itaú e Banco do Brasil. Duas pessoas foram baleadas, sendo uma jovem de 21 anos atingida na cabeça e um funcionário da concessionária da BR-262 baleado na perna.

Para atrapalhar impedir o deslocamento dos militares, que haviam sido acionados para dar apoio em Uberaba, criminosos jogaram bombas na unidade da PM, que fica na Rua Afonso Egydio de Sousa. Um dos artefatos não explodiu e ficou caído no passeio da Rua Vítor Rodrigues de Rezende, quase nos fundos do batalhão.

Partes da bomba foram encontradas por pessoas que passaram pelo local e chamaram os policiais. A rua, que tem empresas de vários segmentos, teve que ser isolada até a chegada do esquadrão anti-bombas, o Bope de Belo Horizonte. até o início da manhã de hoje o esquadrão ainda não havia chegado para detonação do artefato e a rua segue cercada.

De acordo com o Coronel Cláudio Vitor, comandante da 9ª Região de Polícia Militar, em Uberlândia, todo o aparato policial foi usado para guarnecer Uberlândia e apoiar Uberaba. “Com uma hora e meia nós estávamos com policiais militares do Bope de Belo Horizonte em duas aeronaves já em Uberaba e que inclusive apoiaram na negociação, seja com a figura do negociador, time tático e atirador de elite. A PM está preparada para fazer frente a estes marginais. Nós somos os profissionais treinados. Eles são marginais covardes”, disse o comandante.
 
Esquadrão Anti-Bomba detona artefato abandonado em Uberaba
 
Dois artefatos que foram abandonados por criminosos no Centro de Uberaba foram detonados pelo Esquadrão Anti-Bomba do Bope de Minas Gerais. Com técnicas de segurança, as bombas foram detonadas e ninguém ficou ferido.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">