28/06/2019 às 15h35min - Atualizada em 28/06/2019 às 15h35min

Grupo anti-bomba da Polícia Federal de Uberlândia detona artefato deixado no quartel da PM

Portal V9 Vitoriosa
Amirt
Mais de 24 horas depois de um artefato explosivo ser abandonado na calçada do 9º Batalhão de Policiamento Especializado de Uberlândia, no Bairro Distrito Industrial, o grupo anti-bomba da Polícia Federal detonou o material. A explosão aconteceu às 10h30 desta sexta-feira, 28, no mesmo local onde foi a bomba foi deixada, na Rua Vítor Rodrigues de Rezende, praticamente nos fundos do quartel.

A Polícia desconfia que o explosivo foi jogado lá para impedir que o efetivo de Uberlândia enviasse reforço para os ataques a bancos em Uberaba ocorridos simultaneamente às explosões de Uberlândia, como no caso da empresa de valores.

A via ficou interditada desde a manhã de ontem, quando populares localizaram o artefato explosivo, que não tinha o mecanismo de acionamento. Após os trabalhos da PF a área foi liberada.

De acordo com o comandante coronel Cláudio Vitor, o detonador foi desmembrado do dispositivo ao ser arremessado. Havia um celular acoplado no artefato.

A explosão fez um forte barulho que pode ser ouvido nos até nos bairros Jardim Brasília e Maravilha, também na zona norte, conforme internautas nos relataram. Isso ocorreu porque a PRF efetuou uma contra carga devido à grande quantidade de explosivos. Tudo ocorreu dentro da normalidade dos trabalhos.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">