10/07/2019 às 14h42min - Atualizada em 10/07/2019 às 14h42min

Sony lança novos fones de ouvido sem fio com cancelamento de ruído avançado

Ainda não sabemos quando ele estará disponível no Brasil.

Ramalho Lima
Tecmundo
Sony anunciou o lançamento dos fones WF-1000XM3, que chega prometendo uma qualidade de áudio capaz de surpreender até os usuários mais céticos, que sempre julgaram fones Bluetooth como inferiores aos que usam fio.

Para quem já usa fones sem fio e sofre com qualidade de som mediano, os Sony WF-1000XM3 trazem um processador de áudio de 24 bits e incrível relação de sinal/ruído. Associado ao sistema de cancelamento de ruído proprietário da Sony, o QN1, a companhia promete melhorar a experiência do usuário de forma sensível, deixando todo o barulho de fora e deixando passar somente o som que interessa.

Para quem escuta música se deslocando em grandes centros urbanos, este recurso é imprescindível.

Como se não bastasse a qualidade do áudio, a Sony incluiu uma bateria que possui autonomia de até seis horas de música. Usando a carga do estojo, que funciona como power bank, a autonomia total pula para 24 horas, sendo que o recurso de cancelamento de ruído é ativo e, por isso, ele consome energia. Isso significa que, se você estiver num ambiente silencioso e desativar a função, a bateria vai durar ainda mais tempo.

Carregamento rápido e mais

A tecnologia de carregamento rápido também está se popularizando entre os fones de ouvido. Com o WF-1000XM3, basta 10 minutos de carga para você poder ouvir música por uma hora e meia.

Estes fones da Sony ainda possuem dois recursos bem interessantes. Um deles, o Smart Listening, ajusta a música e a entrada de som externo de acordo com a ocasião. Já o Quick Attention, permite que o usuário desative o cancelamento de ruído instantaneamente, para uma conversa rápida, ao cobrir o fone esquerdo com a mão.

O Sony WF-1000XM3 encontra-se em pré-venda nos EUA, por US$ 230. Nas lojas físicas, ele só chega no dia cinco de agosto. Ainda não sabemos quando ele estará disponível no Brasil.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
" data-width="400" data-hide-cover="false" data-show-facepile="true">